16 de setembro de 1944

16 de setembro de 1944

16 de setembro de 1944

Setembro de 1944

1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930
> Outubro

Europa ocupada

Greve geral ocorre na Dinamarca

Diplomacia

Fim da 2ª Conferência de Quebec



16 de setembro de 1944 - História

Mesmo em meio às grandes vitórias dos Aliados na Europa e no Teatro do Pacífico, o ataque às políticas do presidente Roosevelt continuou inabalável. Com a abertura da campanha presidencial de 1944 e a decisão de Roosevelt de que ele deveria concorrer novamente para garantir uma paz duradoura e um programa de desenvolvimento econômico do pós-guerra, as campanhas sussurrantes e os ataques diretos do candidato republicano Thomas E. Dewey aumentaram drasticamente.

Dewey, que era o atual governador de Nova York, havia se destacado como promotor público que processou Legs Diamond e Lucky Luciano. Ele começou sua campanha para a presidência cedo e logo estava profundamente envolvido em apelar para preconceitos raciais e religiosos. Além disso, ele assumiu o papel de baiter vermelho, alegando que os comunistas estavam assumindo o controle do New Deal, para melhor assumir o governo. De acordo com Dewey, um comunista era qualquer pessoa que "apoiasse o quarto mandato, para que nossa forma de governo pudesse ser alterada com mais facilidade".

Roosevelt comentou com um de seus redatores de discursos que Dewey & quot interpreta o papel do destruidor de raquetes heróico em um daqueles filmes de gângster. Ele fala com as pessoas como se elas fossem o júri e eu o vilão em julgamento por sua vida. & Quot Na virulência de seus ataques, os patrocinadores de Dewey expuseram não apenas sua ideologia real, mas também até que ponto estavam dispostos a mentira. A campanha republicana tentou reescrever o que era então a recente história americana, uma história de quinze anos sobre a qual quase todos em idade de votar sabiam alguma coisa.

Roosevelt permitiu que eles se aprofundassem cada vez mais até ter uma boa oportunidade de respondê-los. Ele veio na forma de um discurso planejado há muito tempo em 23 de setembro em um banquete do Teamsters Union em Washington, D.C., que também foi transmitido em uma rádio nacional. Houve uma audiência de rádio muito grande para o discurso, já que rumores circulavam sobre o estado de saúde do presidente, avidamente estimulado pela campanha de Dewey.

A arma que Roosevelt escolheu para empunhar contra seu oponente foi o humor. Ele foi saudado com uma ovação de seis minutos antes mesmo da transmissão de rádio começar, mas conforme o discurso progredia, os aplausos quase foram abafados pelas risadas da platéia.

& quotBem, aqui estamos nós juntos novamente - depois de quatro anos - e quantos anos eles foram! Sabe, na verdade sou quatro anos mais velho, o que parece incomodar algumas pessoas. Na verdade, no campo da matemática existem milhões de americanos que são mais de onze anos mais velhos do que quando começamos a limpar a bagunça que foi despejada em nosso colo em 1933.

“Todos nós sabemos que certas pessoas que têm por prática depreciar as realizações do trabalho - que até consideram o trabalho como antipatriótico - mantêm isso normalmente por três anos e seis meses consecutivos. Mas então, por alguma estranha razão, eles mudam de tom - a cada quatro anos - pouco antes do dia das eleições. Quando os votos estão em jogo, eles descobrem de repente que realmente amam o trabalho e que estão ansiosos para proteger o trabalho de seus velhos amigos. & quot

“Não preciso contar para você os séculos de história que se acumularam nesses quatro anos desde a última vez em que te vi.

& quotHavia alguns - no Congresso e fora dele - que levantaram suas vozes contra nossos preparativos para a defesa - antes e depois de 1939 - se opuseram a eles, levantaram suas vozes contra eles como uma guerra histérica, que gritaram contra nossa ajuda aos Aliados como provocação e perigoso. [Dewey havia escalado a cerca para ajudar os Aliados em 1940-41.] Nós nos lembramos das vozes. Eles gostariam que os esquecêssemos agora. Mas em 1940 e 1941 - que coisa, parece que foi há muito tempo - eram vozes altas. Felizmente eles eram uma minoria e - felizmente para nós e para o mundo - não conseguiram impedir a América.

& quotExistem alguns políticos que mantiveram suas cabeças enterradas na areia enquanto as tempestades da Europa e da Ásia se dirigiam em nossa direção, que disseram que o projeto de empréstimo-arrendamento "acabaria com o governo livre nos Estados Unidos", e que disseram , 'apenas a histeria alimenta a ideia de que a Alemanha, a Itália ou o Japão contemplam a guerra contra nós'. Esses mesmos homens estão agora pedindo ao povo americano que lhes confie a condução de nossa política externa e militar.

& quotO que os líderes republicanos estão dizendo agora é: 'Oh, esqueça o que costumávamos dizer, mudamos de idéia agora - temos lido as pesquisas de opinião pública sobre essas coisas e agora sabemos o que o povo americano quer . ' E eles dizem: 'Não deixe a tarefa de fazer a paz para aqueles velhos que primeiro insistiram e que já lançaram as bases para isso, e que tiveram que lutar contra todos nós polegada por polegada durante os últimos cinco anos para fazer isso. Ora, basta passar tudo para nós. Faremos isso com tanta habilidade - que não perderemos um único voto isolacionista ou uma única contribuição de campanha isolacionista. & quot

“Mas, você sabe, mesmo aqueles candidatos que explodiram no afeto de ano eleitoral pela legislação social e pelo trabalho em geral, ainda acham que vocês devem ser bons meninos e ficar fora da política. E, acima de tudo, eles odeiam ver qualquer trabalhador ou mulher contribuir com uma nota de um dólar para qualquer partido político perverso. Claro, está certo que grandes financistas, industriais e monopolistas contribuam com dezenas de milhares de dólares - mas sua solicitude por aquele dólar com que os homens e mulheres contribuem é sempre comovente.

“Eles estão, é claro, perfeitamente dispostos a deixá-lo votar - a menos que por acaso você seja um soldado ou um marinheiro no exterior, ou um marinheiro mercante carregando munições de guerra. Nesse caso, eles tornaram muito difícil para você votar - pois há alguns candidatos políticos que pensam que podem ter uma chance de eleição, se apenas a votação total for pequena o suficiente. & quot

& quotAs palavras vêm facilmente, mas não alteram o registro. A maioria de vocês tem idade suficiente para se lembrar de como eram as coisas para o trabalho de parto em 1932.

& quotVocê se lembra dos bancos fechados e das filas de pão e dos salários de fome, as execuções hipotecárias de casas e fazendas, e as falências de negócios dos 'Hoovervilles', e dos jovens homens e mulheres da Nação que enfrentam um futuro sem esperança e sem empregos, as fábricas e minas fechadas e moinhos, fazendas arruinadas e abandonadas, ferrovias paralisadas e docas vazias, o desespero vazio de uma nação inteira - e a absoluta impotência do governo federal. & quot

& quotAgora, há alguns políticos que não se lembram disso há muito tempo, e há alguns que se lembram, mas acham conveniente esquecer. Não, o registro não deve ser apagado tão facilmente.

“A oposição deste ano já importou para esta campanha uma coisa muito interessante, porque é estrangeira. Eles importaram a técnica de propaganda inventada pelos ditadores no exterior. Lembre-se, alguns anos atrás, havia um livro, 'Mein Kampf', escrito pelo próprio Hitler. A técnica foi toda exposta no livro de Hitler - e foi copiada pelos agressores da Itália e do Japão. De acordo com essa técnica, você nunca deve usar uma pequena falsidade, sempre uma grande, pois sua natureza fantástica a tornaria mais confiável - bastaria repetir continuamente.

& quotBem, vejamos algumas ilustrações simples que vêm à mente. Por exemplo, embora eu tenha esfregado os olhos ao lê-lo, disseram-nos que não foi uma depressão republicana, mas uma depressão democrática da qual esta nação foi salva em 1933 - pela qual este governo - este - hoje - é responsável todo o sofrimento e miséria que os livros de história e o povo americano sempre pensaram que foram causados ​​durante os doze anos fadados a pílulas em que o Partido Republicano estava no poder.

“Agora, há um velho e um tanto lúgubre adágio que diz: 'Nunca fale de corda na casa de um homem que foi enforcado.' Da mesma forma, se eu fosse um líder republicano falando para um público misto, a última palavra em todo o dicionário que acho que usaria é a palavra 'depressão'. & quot

O presidente Roosevelt citou então duas outras falsificações acusadas contra ele: que sua política era "manter os homens no Exército quando a guerra acabasse, porque poderia não haver empregos para eles na vida civil", e que sua administração "falhou em se preparar para a guerra que estava por vir. & quot Na segunda acusação, Roosevelt disse que duvidava & quot se até mesmo Goebbels teria tentado aquele. & quot;

Então FDR chegou a uma terceira acusação, feita por Harold Knutson, um congressista republicano de Minnesota, de que o governo dos Estados Unidos fora forçado a gastar milhões de dólares para resgatar Fala, o cachorro de Roosevelt, das Ilhas Aleutas quando ele supostamente foi deixado para trás em uma viagem presidencial. O almirante Leahy, representando a Marinha dos Estados Unidos, relatou à liderança da Câmara que as acusações eram completamente infundadas.

A resposta de Roosevelt fez com que seu discurso do Teamster fosse apelidado de & quot Discurso de Fala. & Quot

Com uma expressão falsa de seriedade e falando em um tom de voz tranquilo e triste, Roosevelt respondeu à acusação ridícula.

“Esses líderes republicanos”, disse Roosevelt, “não se contentaram com ataques a mim, ou à minha esposa, ou aos meus filhos. Não, não contente com isso, agora eles incluem meu cachorrinho, Fala. Bem, claro, eu não me ressinto de ataques, e minha família não se ressente de ataques, mas Fala FAZ ressentimento deles. Você sabe, Fala é escocês, e sendo um escocês, assim que soube que os escritores de ficção republicanos no Congresso e fora dele haviam inventado uma história que eu o deixei para trás nas Ilhas Aleutas e mandei um destruidor de volta para encontrá-lo - a um custo para os contribuintes de dois ou três, ou oito ou vinte milhões de dólares - sua alma escocesa estava furiosa. Ele não é o mesmo cachorro desde então. Estou acostumado a ouvir falsidades maliciosas sobre mim - como aquela castanha velha e carcomida que eu me considerei indispensável. Mas acho que tenho o direito de me ressentir, de me opor a declarações difamatórias sobre meu cachorro. & Quot

Tendo deixado Dewey concorrer contra Fala, Roosevelt encerrou seu discurso garantindo ao público que & quotOs frutos da vitória desta vez não serão maçãs vendidas nas esquinas & quot; e que a tônica de sua política de pós-guerra poderia ser encontrada em uma palavra - EMPREGOS.

O artigo original foi publicado no EIR Online & rsquos Electronic Intelligence Weekly, como parte de uma série contínua sobre história, com ênfase especial na história americana. Estamos reimprimindo e atualizando esses artigos agora para ajudar nossos leitores a compreender o Sistema Americano de Economia.


Hoje na História da Segunda Guerra Mundial - 16 de setembro de 1939 e # 038 de 1944

80 anos atrás - 16 de setembro de 1939: Na Polônia, os alemães tomam Brest-Litovsk e cercam Varsóvia.

Primeiro ataque de submarino alemão a um comboio aliado do Atlântico Norte U-31 afunda cargueiro britânico Aviemore no comboio OB-4 fora de Land’s End.

75 anos atrás - set. 16, 1944: Soviéticos lançam ataque contra o Golfo de Riga, no Báltico.

2 Respostas para & # 8220Hoje na História da Segunda Guerra Mundial - 16 de setembro de 1939 & # 038 1944 & # 8221

Belo exemplo fotográfico de implantação de uma peça de campo de luz no início da guerra no exército alemão.

Os alemães usaram mais cavalos na Segunda Guerra Mundial do que na Primeira Guerra Mundial e, no final da guerra, eram o exército menos mecanizado da Europa. A propaganda alemã no início da guerra foi tão eficaz em sua mecanização que não só é fácil esquecer isso, como também é geralmente esquecido. Ainda nos lembramos do exército alemão da maneira como os alemães o retrataram, a esse respeito, ao invés de como ele realmente era.

É tão verdadeiro. Pensamos na Blitzkrieg com os Panzers e Stukas & # 8211, mas o exército alemão era altamente dependente de cavalos e infantaria.


Operação Market Garden - Linha do tempo WW2 (17 a 25 de setembro de 1944)

Após os sucessos encontrados na fuga da Normandia de julho a agosto, acreditava-se que o exército alemão era um inimigo derrotado e em retirada. Como tal, o general britânico Montgomery traçou um plano descarado para capturar as principais conquistas que seriam necessárias para a investida final na Alemanha, talvez terminando a guerra na Europa no Natal de 1944. Montgomery divulgou seu plano e, após aceitação pelo Comandante Supremo Aliado na Europa - General Dwight Eisenhower dos Estados Unidos - colocou o plano em ação. Em 17 de setembro - apenas sete dias após a aprovação oficial, a Operação Market Garden foi posta em marcha.

A operação deveria ser composta por duas forças distintas - os elementos aerotransportados (sob a designação & quotMarket & quot) e as forças terrestres (sob a designação & quotGarden & quot). Os grupos aerotransportados seriam encarregados de apreender pontes importantes e pontos de estrangulamento, enquanto as forças terrestres seriam convocadas para mover-se para o norte e solidificar quaisquer ganhos. Quando promulgada, a Operação Market Garden se tornaria a maior operação aerotransportada da história da guerra, abrangendo cerca de 34.600 homens, 1.700 veículos e cerca de 260 peças de artilharia lançadas dos céus por planador ou pára-quedas. O plano garantiria rotas importantes e contornaria a linha defensiva de Sigfried, permitindo acesso irrestrito em um ataque final contra o território alemão.

O embarque inicial consistiu em mais de 1.500 aeronaves aliadas provenientes de nada menos que 22 bases aéreas no sul da Inglaterra. A 101ª Divisão dos Estados Unidos foi marcada para uma queda sobre Eindhoven. Eles foram seguidos pela 82ª Divisão Aerotransportada dos EUA marcada para escalas em Grave e Nijmegen. As forças americanas juntaram-se à 1ª Divisão Aerotransportada Britânica, encarregada de tomar a extensão em Arnhem de Oosterbeek. Um total de cinco pontes foram alvejadas. No sul, o 2º Exército britânico foi escalado para avançar ao longo do corredor Eindhoven-Arnhem.

Desconhecido para os planejadores de guerra aliados era a presença de blindados alemães na área de Arnhem. As 9ª e 10ª Divisões SS Panzer estavam localizadas ao norte e ao sul de Arnhem, respectivamente, perto das linhas de frente alemãs. Dessa forma, os paraquedistas aliados - naturalmente armados e blindados levemente - iriam enfrentar as tropas alemãs com tanques e apoio de metralhadoras.

Tal como acontece com outros grandes pousos aerotransportados, as unidades Pathfinder foram enviadas à frente da força de invasão principal para configurar as zonas de lançamento predeterminadas. A partir daí, os principais grupos de desembarque começaram a aparecer - para grande surpresa dos alemães abaixo. A 1ª Divisão Aerotransportada caiu longe de seu objetivo e teria que chegar a pé, gastando um tempo inestimável do elemento surpresa. O mau tempo também significava que a 101ª e a 82ª Divisões Aerotransportadas teriam de cumprir seu dever sem o apoio da artilharia por vários dias. O XXX Corps britânico, atrasado em geral pela resistência alemã inesperada ao longo da estrada de Eindhoven, uniu-se à 101ª Aerotransportada em Eindhoven e Veghel ao sul em 18 de setembro. Na manhã seguinte, o XXX Corps encontrou-se com a 82ª Divisão Aerotransportada dos EUA em Grave. O 2º Batalhão de Paraquedas britânico demorou a se reagrupar e os rádios foram entregues com os cristais operacionais errados, mas, mesmo assim, dirigiu-se para a ponte de Arnhem assim que as equipes foram instaladas. Os agora alertas alemães começaram a colocar seus elementos Panzer em ação e ameaçaram separar o 3º Batalhão de Arnhem.

Com o XXX Corps fornecendo o apoio necessário, a 82ª Divisão Aerotransportada conquistou a ponte sobre o rio Waal em Nijmegen. No entanto, o XXX Corps foi atrasado ainda mais uma vez que partiu para o norte em direção a Arnhem. Ao norte de Nijmegen, o XXX Corpo de exército mais uma vez foi atacado e o progresso foi interrompido.

Munição e suprimentos gerais logo trabalharam contra as tropas britânicas em Arnhem, apesar do reforço dos elementos paraquedistas levemente equipados da 4ª Brigada de Pára-quedistas. Em 20 de setembro, a ponte de Arnhem não pôde mais ser defendida e as forças britânicas restantes buscaram refúgio dentro da própria cidade - as estruturas agora alvo de uma implacável barragem de artilharia alemã. Assim que os Panzers alemães cruzaram a ponte e entraram na cidade, o que quer que as forças britânicas remanescentes fossem feitas prisioneiras ou mortas durante furiosos combates de casa em casa.

Em 22 de setembro, a 1ª Brigada Aerotransportada Polonesa do general Sosabowski entrou em ação em uma tentativa de resgatar as forças britânicas restantes em Arnhem. Sua zona de lançamento ficava a sudoeste de Arnhem propriamente dita, mas sua chegada pouco contribuiu para acalmar a deterioração da situação - sendo mantida sob controle por uma defesa alemã inteligente que tentava impedir que os britânicos confinados chegassem aos poloneses e, alternativamente, manter os poloneses enterrados ao longo do margens dos rios. Algumas forças britânicas conseguiram evacuar quando XXX Corps foi trazido para apoio de fogo para cobrir a rota de fuga. Barcos de assalto governados por tropas britânicas e canadenses foram usados ​​para transportar as tropas agredidas para fora da área. Em 27 de setembro, os poloneses restantes se renderam aos alemães - marcando o fim da Operação Market Garden.

Ao todo, o plano mestre de Montgomery foi um sucesso moderado. As principais pontes estavam sob o controle dos Aliados, com exceção de Arnhem. A ação em Arnhem sozinha foi responsável por 1.000 mortes aliadas e até 6.000 pessoas tornaram-se prisioneiros de guerra. O XXX Corpo de exército perdeu 1.500 pessoas adicionais em sua marcha para o norte. Nos meses seguintes, haveria milhares de vítimas ao sul de Arnhem enquanto os alemães tentariam recuperar seu território capturado. O próprio Montgomery proclamou que a Operação Market Garden era & quot. 90% de sucesso & quot, admitindo ter subestimado a resposta alemã, mas culpando a operação por não ter o ar necessário para que a potência terrestre fosse 100% bem-sucedida. No verdadeiro estilo Monty, ele nunca cedeu a qualquer argumento contra o sucesso geral da Operação Market Garden ao esforço de guerra dos Aliados.

A ponte em Arnhem é o que foi referenciado na frase & quotUma ponte longe demais. & Quot.

A guerra, ao que parecia, iria durar muito além do Natal de 1944. A ponte de Arnhem foi finalmente destruída por bombardeiros americanos em um ataque em 7 de outubro de 1944, em um esforço para negar o uso alemão da rota. Em 1948, foi reconstruída e batizada de & quotJohn Frost Bridge & quot em homenagem ao comandante britânico que, sem sucesso, a deteve.

Arnhem foi finalmente e oficialmente libertado em 14 de abril de 1945 pelas tropas canadenses.


Há um total de (16) eventos de Operation Market Garden - WW2 Timeline (17 a 25 de setembro de 1944) no banco de dados de linha do tempo da Segunda Guerra Mundial. As inscrições são listadas abaixo por data de ocorrência crescente (da primeira à última). Outros eventos principais e posteriores também podem ser incluídos para perspectiva.

Domingo, 17 de setembro de 1944

General Dwight Eisenhower, Comandante Supremo das Forças Aliadas na Europa, aprova a Operação Market Garden do general Montgomery.

Domingo, 17 de setembro de 1944

A operação Market Garden está ativada. Os pousos de paraquedas acontecem em Eindhoven, Veghel, Grave e Oosterbeek.

Domingo, 17 de setembro de 1944

O pouso da 101ª Divisão Aerotransportada dos EUA em Eindhoven e Veghel é bem-sucedido na captura de pontes.

Domingo, 17 de setembro de 1944

A 82ª Divisão Aerotransportada dos EUA pousando em Grave é bem-sucedida na captura de sua ponte-alvo.

Domingo, 17 de setembro de 1944

Os pára-quedistas britânicos que pousam em Arnhem correm direto para a 9ª e 10ª Divisões Panzer SS, que estão na área se reabilitando. A ponte de Arnhem é capturada pelas forças britânicas, mas o grupo é rapidamente impedido de receber ajuda dos alemães.

Segunda-feira, 18 de setembro de 1944

O XXX Corps britânico luta para abrir caminho através de uma resistência alemã dedicada até a estrada principal que leva a Eindhoven. Eles finalmente se unem às 101ª forças aerotransportadas, tendo pousado em Eindhoven e Veghel.

Terça-feira, 19 de setembro de 1944

O XXX Corps britânico se une oficialmente às forças da 82ª Divisão Aerotransportada dos EUA, tendo pousado em Grave.

Quarta-feira, 20 de setembro de 1944

O US 82nd Airborne, apoiado pelo British XXX Corps, faz a ponte sobre o rio Waal em Nijmegen.

Quarta-feira, 20 de setembro de 1944

British XXX Corps está atrasado um dia inteiro para chegar às forças de paraquedistas em Arnhem.

Quinta-feira, 21 de setembro de 1944

Os pára-quedistas britânicos em Arnhem desistem do controle de sua ponte contra um inimigo alemão mais forte e, em vez disso, se concentram em sobreviver utilizando a própria cidade de Arnhem como defesa.

Quinta-feira, 21 de setembro de 1944

O XXX Corps britânico é desacelerado mais uma vez, desta vez pelas forças anti-tanque alemãs e posições de artilharia ao norte de Nijmegen e ao longo da rota para Arnhem.

Sexta-feira, 22 de setembro de 1944

Elementos da Brigada de Pára-quedistas polonesa, atrasados ​​várias vezes desde a participação anterior na operação, finalmente pousam ao sul de Arnhem. Sua missão é reforçar a maltratada 1ª Divisão Aerotransportada Britânica.

Segunda-feira, 25 de setembro de 1944

Os elementos restantes da 1ª Divisão Aerotransportada Britânica saindo de Arnhem cruzam o rio Neder Rijn em retirada. Eles pretendem encontrar-se com o XXX Corpo de exército ainda a caminho da área.

Segunda-feira, 25 de setembro de 1944

Em Arnhem, cerca de 6.000 soldados aliados são presos pelos alemães. Outros 1.000 morreram na luta.

Quarta-feira, 27 de setembro de 1944

Apesar das ações valentes, a Brigada de Pára-quedas polonesa é forçada a se render em Arnhem.

Quarta-feira, 27 de setembro de 1944

Ao sul de Arnhem, as forças aliadas continuam mantendo seus ganhos. Nos próximos meses, cerca de 3.500 vítimas serão contadas.


16 de setembro de 1944 - História

Entradas do diário de Eva Ginzová de 27 e 28 de setembro de 1944, em que Ginzová descreve a deportação de seu irmão Petr do gueto de Theresienstadt.

27 de setembro [1944]

Então Petr e Pavel estão no transporte. Eles foram avisados ​​anteontem. Disseram que partiriam no dia seguinte, mas por enquanto ainda estão aqui porque o trem ainda não chegou. Eles estão morando no sótão do quartel de Hamburgo, mas ficam o tempo todo no quarto do sótão do tio. Não é tão rígido aqui como em Praga. Lá, você não seria capaz de escapar sem que alguém saísse do šlojska [ponto de coleta de deportados] para dar um passeio pela cidade. Esperamos que o transporte fique aqui. Diz-se que há uma greve em todo o Protetorado, então o trem nem chega.

Quando descobri que Petr estava no transporte, me senti mal. Corri daqui para o banheiro, onde chorei muito. Tento manter a calma na frente de Petr - não quero fazer com que ele se sinta pior. Eles deveriam ir a algum lugar perto de Dresden. Estou muito preocupado que haja um bombardeio lá e que algo possa acontecer com os meninos. Petr não está acostumado a muito trabalho [manual] e deve haver trabalho duro lá. Meu querido menino! Não discutimos nada desde que cheguei aqui e não sei o que faria se ele fosse embora! O tio não está no transporte, mas ainda pode ser chamado. Ele pensa, porém, que não será agora, porque tem um status de liderança e seria difícil de substituir. No início, ele queria ser voluntário e ir com os meninos para ficar com eles juntos, mas depois mudou de ideia - eles podem ter ido para um lugar e ele para outro. Mas o principal motivo era que Hanka e eu seríamos deixados aqui completamente sozinhos.

Tenho muita esperança de que nenhum deles vá. O tio quer que a gente se mude para o quarto do sótão se (Deus nos livre) os meninos e os outros dois no quarto dele saírem. Eu não quero nem pensar em ficar aqui sem Petr.

[. . .] Mamãe e papai, estou com muita saudade de vocês, principalmente agora que meu único apoio é ir embora. Quem sabe se vamos todos ficar juntos de novo? Oh, se apenas a guerra acabasse - é um pouco demais para nós! O que minha família em casa dirá quando descobrir que Petr se foi! Talvez eles já saibam - Karel Müller escreveu sobre isso em sua carta para casa. Pobres mamãe e papai! 1

28 de setembro [1944]

O trem já está aqui e os dois meninos já embarcaram. Número 2392 de Petr e Pavel 2626. Eles estão juntos no mesmo carro. Petr está terrivelmente calmo e o tio está cheio de admiração por ele. Esperei até o último minuto que o trem não viesse, embora eu soubesse que viria. mas o que pode ser feito? Ainda esta manhã, Hanka e eu estávamos com eles no šlojska. Foi uma visão horrível que ficará comigo para sempre. Uma multidão de mulheres, crianças e velhos foi pressionada ao redor do quartel para dar uma última olhada em seu filho, marido, pai ou irmão. Os homens inclinados para fora da janela foram pressionados um contra o outro para ter um vislumbre de seus entes queridos. Mas o quartel era vigiado por policiais para que ninguém escapasse. Os Ghettowachmanns [guardas do gueto] ficaram ao lado do prédio e expulsaram as pessoas que chegaram muito perto dele. Os homens das janelas acenaram e se despediram de seus parentes e com seus olhares. O som de choro veio de todos os lados. Corremos para casa rapidamente e trouxemos para os meninos duas fatias de pão cada, para que eles não passassem fome. Passei pela multidão, rastejei por baixo da corda que separava a multidão do quartel e passei o pão a Petr pela janela. Eu tive tempo suficiente para segurar sua mão através das barras antes que um guarda me expulsasse. Pelo menos funcionou bem. Agora os meninos se foram e a única coisa que resta deles aqui são as camas vazias. 2


The West News (West, Tex.), Vol. 55, No. 16, Ed. 1 Sexta-feira, 8 de setembro de 1944

Jornal semanal de West, Texas, que inclui notícias locais, estaduais e nacionais junto com publicidade.

Descrição física

oito páginas: mal. página 20 x 13 pol. Digitalizado a partir de 35 mm. microfilme.

Informação de Criação

Contexto

Esse jornal faz parte da coleção intitulada: Texas Digital Newspaper Program e foi fornecida pela West Public Library para The Portal to Texas History, um repositório digital hospedado pelas Bibliotecas da UNT. Já foi visto 24 vezes. Mais informações sobre este assunto podem ser vistas abaixo.

Pessoas e organizações associadas à criação deste jornal ou ao seu conteúdo.

Editor

Editor

Audiências

Confira nosso site de recursos para educadores! Nós identificamos isso jornal como um fonte primária dentro de nossas coleções. Pesquisadores, educadores e alunos podem achar este assunto útil em seu trabalho.

Fornecido por

Biblioteca Pública Oeste

A Biblioteca Pública do Oeste abriu sua localização atual em 1989 depois que a comunidade local levantou metade dos custos por meio de vários eventos de arrecadação de fundos, igualando a outra metade dos custos fornecidos pela Cidade do Oeste. A Biblioteca Pública do Oeste apresenta a Coleção de Jornais do Oeste. Em 11 de junho de 1892, West foi oficialmente organizado como uma cidade. Tornou-se o centro de comércio da área.


The Big Red One e o terceiro soco blindado

Em 12 de setembro, o Big Red One penetrou nas defesas pouco sustentadas no lado sul de Aachen, enquanto a 3ª Divisão Blindada encontrou apenas oposição esporádica quando começou a dirigir todo o caminho para Stolberg.

Harley Reynolds lembrou que sua unidade era a ponta de lança ao entrar na Alemanha. “Nossa empresa estava na liderança quando cruzamos a fronteira. Minha seção montou metralhadoras para cobrir o resto da Empresa B enquanto eles cruzavam os "dentes do dragão". A Empresa B foi para a Alemanha e entrou em um parque, onde passamos a noite. Enquanto íamos para Stolberg, alguns quilômetros a leste de Aachen, fomos alvejados de nossos flancos. Acho que não foi tão estranho porque esse era o tipo de luta que travamos em toda a França e Bélgica. Para mim era uma grande chance, mas escapamos impunes. A sorte dos alemães finalmente acabou. ”

Em outros pontos, a luta era esporádica, mas violenta. O Tenente Harold Monica, Companhia D, 18º Regimento, 1ª Divisão de Infantaria, lembrou que, quando seu pelotão encontrou tiros de metralhadora de uma casamata, um sargento de sua unidade jogou um bloco de um quarto de libra de TNT no duto de ventilação da casamata para limpar os ocupantes. A porta de aço se abriu e saíram nove soldados alemães muito abalados. “Todos estavam cobertos de poeira, esfregando os olhos e os ouvidos e tropeçando escada acima. O sargento Aiello e eu ficamos satisfeitos ”, disse Monica.

Nem todos os alemães desistiriam tão facilmente. Em 17 de setembro, o 16º Regimento de Infantaria da 1ª Divisão, que havia empurrado para a cidade de Eilendorf, a sudeste de Aachen, foi atingido pela mais intensa barragem de artilharia que recebeu desde as praias da Normandia, seguido de perto por ataques determinados por dois batalhões de infantaria bem disciplinada do 27º Regimento de Fuzileiros da 12ª Divisão de Infantaria. Naquele mesmo dia, os outros dois regimentos da 12ª Divisão, o 89º Granadeiro e o 48º Granadeiro, atacaram as posições avançadas da 3ª Divisão Blindada e da 9ª Divisão de Infantaria. Qualquer pensamento de que tomar Aachen seria moleza foi rapidamente dissipado.

Nenhum dos ataques conseguiu desalojar qualquer uma das unidades americanas, mas a ferocidade dos ataques disse aos ianques uma coisa: agora que a guerra estava em solo alemão, os alemães defenderiam sua pátria com tudo o que tinham. Havia outras preocupações. A 3ª Divisão Blindada, autorizada a ter 232 tanques médios, informou em 18 de setembro que apenas 75 estavam aptos para o combate. Houve problemas adicionais de abastecimento e, para adicionar a gota d'água, o bom tempo de outono piorou.

Então, exatamente quando parecia que o 12º Grupo de Exércitos, equilibrado no limiar da Alemanha, estava prestes a mergulhar em massa no país via Aachen Gap, a crescente escassez de granadas de artilharia e combustível atingiu proporções de crise, forçando o General Bradley em setembro 22 para encerrar operações ofensivas.

Posteriormente, o general Collins disse que seu corpo “ficou sem gás, sem munição e sem tempo. A perda de nosso apoio aéreo tático próximo [por causa da cobertura de nuvens] foi um verdadeiro golpe. ”

Os alemães aproveitaram a inércia do exército americano. Em 24 de setembro, o sargento Joseph E. Schaefer da Companhia I, 18º Regimento, 1ª Divisão de Infantaria, fazia parte de um pelotão que defendia uma encruzilhada ao sul de Aachen quando foi atacado por uma força inimiga superior. Um dos esquadrões da empresa foi feito prisioneiro, outro abandonou seu cargo e apenas o esquadrão de Schaefer permaneceu.

O SSG Joseph E. Schaefer da Companhia I, 1ª Divisão de Infantaria recebe o prêmio mais alto de sua nação & # 8217 por bravura em combate.

O fogo alemão tornou-se tão intenso que Schaefer ordenou que seus homens tomassem posições em uma casa próxima. Apesar dos ataques contínuos, os homens de Schaefer repeliram todos os responsáveis ​​pelo sargento entre 15 e 20 alemães mortos. Ele então saiu em busca do inimigo, capturou 10 deles e até libertou o esquadrão que havia sido feito prisioneiro. Por seus atos corajosos, ele foi premiado com a primeira das sete medalhas de honra que seriam ganhas pelos soldados americanos durante o cerco de Aachen. Mais importante ainda, ele e seu esquadrão impediram o inimigo de tomar a encruzilhada.

Por fim, suprimentos suficientes de munição e combustível começaram a chegar às forças americanas na frente, e a campanha para capturar Aachen e empurrar para o leste foi reiniciada. O general Hodges prosseguiu com sua decisão de assaltar a cidade com um movimento de pinça. A 30ª Divisão de Infantaria do Major General Leland S. Hobbs, apoiada pela 2ª Divisão Blindada sob o comando do Maj. General Ernest Harmon, atacaria do norte. South of Aachen, VII Corps would drive to the east with the 1st and 9th Infantry Divisions and 3rd Armored Division, reach Stolberg, and then turn sharply north, linking up with XIX Corps at Würselen. To get into Germany, XIX Corps would need to attack eastward out of Holland, cross the Wurm River, which is more of a stream than a major river, and break through the outer line of West Wall fortifications north of Aachen.

Since XIX Corps had the farthest to go, it would begin its phase of the operation on October 1, 1944 four days of artillery bombardment would precede the assault. Six days later, Maj. Gen. Clarence R. Huebner’s 1st Infantry Division, already inside Germany, would then strike Aachen from the south. It was planned that the 18th Infantry Regiment from the Big Red One would then circle to the east of the city, head north, and link up with the 30th Division to prevent Wilck’s garrison from either escaping or being reinforced. It was a solid plan but, like many military plans throughout the ages, it would go awry once the first shot was fired.

On September 26, a mighty roar shattered the autumn air as 26 battalions of American artillery from XIX Corps, the 30th and 29th Infantry (operating on the 30th’s left flank), and the 2nd Armored Divisions opened up to knock out the hundreds of pillboxes in XIX Corps’s 11-mile sector between Geilenkirchen and Aachen. The artillery kept it up for four days, evoking memories of the massive barrages of the First World War and nearly exhausting the precious stocks of ammunition.

An intense aerial bombardment was also scheduled to take place prior to H-hour but was scaled back at the last minute because of heavy overcast—much to the relief of the old-timers in the 30th they still recalled the heavy casualties suffered during the Operation Cobra breakout in Normandy when American aircraft accidentally bombed 30th Division positions.

Because of heavy downpours, the American infantry and armor attack on Aachen’s northern suburbs was delayed for 24 hours. On the gray, dismal morning of October 2, following another artillery preparation, the infantrymen of the 117th Infantry Regiment, the spearhead of Hobbs’s “Old Hickory” division, left its line of departure west of Geilenkirchen and began advancing into the torn-up, still smoldering landscape, heading south for Palenberg and Übach.


16 September 1944 - History

In Memory of

LEADING AIR MECHANIC MAURICE C WHITEING, 1917-2009

. and HMS INDOMITABLE in the INDIAN & PACIFIC OCEANS, 1944-1945, Part 1 of 4

Leading Air Mechanic Maurice Whiteing (click to enlarge)

Maurice Whiteing died on Saturday 7 February 2009. I am only too glad the story and photographs on these pages will continue to commemorate his life and naval career.


These notes and some of the captions to the many photographs that follow have been compiled by Paul Whiteing in conversation with his father, Maurice, (then) approaching 90 years of age. There may be errors, but these pale into insignificance compared with the large number of fine images, which give such an interesting insight into the career of HMS Indomitable in the latter years of the war and some of the men who served her and her fighting aircraft.

Naval-History.Net is pleased to host these photographs. Some attempt has been made to group them into chronological order, but there are gaps . Any additions by Gordon Smith to the original photograph captions or text are in italics. My thanks to Lieutenant Commander Geoff Mason RN (Rtd) for the chronology of HMS Indomitable used here.

Paul Whiteing can be contacted at [email protected][REMOVE-THIS]usnabbotts.co.uk

Gordon Smith, Naval-History.Net


Although belonging nearer the end of the story, this is a fascinating paper knife fashioned from bits and pieces of aircraft and Kamikaze's in the carrier's workshops



Leading Air Mechanic Maurice Whiteing .

In the early part of the war MAURICE WHITEING was in a protected trade as a coachbuilder and converted many types of vehicle for war use, but volunteered for the Royal Navy in 1941. The training establishments he attended (not necessarily in the right order) were (1) probably basic training at HMS Vincent, Gosport, (2) Melksham, Wiltshire, (3) Air Mechanics training at HMS Gosling, Warrington, and (4) Air Electrical training at HMS Ariel, Worthy Down, near Winchester.

Maurice Whiteing middle row, far right - presumably basic training

He went to sea on 26 December 1943, two days after his marriage, joined HMS Atheling at Greenock as an Aircraft Mechanic (Electric) in a Corsair Squadron, and lists the areas of service as the Atlantic, Arctic, Med, Suez and Aden. Transferring to HMS Begum with Hellcat Squadron No. 1839 and visiting Colombo in Ceylon, the squadron joined HMS Indomitable in approximately January 1944, with the Eastern Fleet in attacks on Sumatra, visits to Australia, and later the British Pacific Fleet in the Pacific war against Japan. After VJ day he served until November 1945, returning to Pompey (Portsmouth) around December 1945. During his 2 years on the Indomitable, he became Leading Mechanic and was "due" P.O. rank but "it didn't happen".

After the war he went to Duples (coach building) in their experimental shop and soon after joined with some others to form their own coach building company - Criterion Coach Works in Finchley, London. Many years later, he changed to woodworking for displays in shops and formed Criterion Display Works with one of the previous partners. He retired at age 72.

Maurice's family also did their share of war service. His wife, KATHERINE (KIT) WHITEING, joined the Women's Land Army in 1940, and served at Broxted, Essex, for 5 years. His brother GORDON WHITEING was a T124X rating in the Merchant Navy, on a merchant ship rigged with guns (he couldn't recollect the name of the ship, nor any more details - presumably a DEMS or Defensively Equipped Merchant Ship) Paul Whiteing adds, "Gordon "did ok" according to dad. He earned 4/6d per day where dad was only on 2/0d per day in the F.A.A.". Finally ARTHUR (JUMBO) FISHER, Kit Whiteing's twin brother served as a signalman on a minesweeper (and again, sadly - couldn't recollect the name of the ship, nor any more details)


. and FLEET AIRCRAFT CARRIER HMS INDOMITABLE in the INDIAN and PACIFIC OCEANS, 1944-1945,


16 September 1944 - History

On 30 September 1944, winger Jimmy Johnstonevoted by supporters as Celtic's greatest playerwas born outside Glasgow.

Only five feet, four inches tall but possessing a balance of speed and control that earned him the nickname "Jinky," Johnstone joined Celtic in 1961 at the age of sixteen and made his first-team debut the following year. In all, he spent thirteen seasons with Celtic, scoring 129 goals in 515 appearances.

In 1967, he helped the team to a record-setting quintuple by winning four domestic trophiesthe league, the Scottish Cup, the Scottish League Cup, and the Glasgow Cupand becoming the first British team to lift the European Cup. For his part, he finished third in voting for that year's Ballon d'Or. While at Celtic, he also won eight more league titles, three more Scottish Cups, four more League Cups and returned to the European Cup final in 1971.

He suffered from alcoholism, which impaired his career and led to frequent battles with Celtic manager Jock Stein. Johnstone left the club in 1975 and spent the next four years making a handful of appearances for clubs in the United States, England, Scotland, and Ireland before retiring in 1979.

In 2001, he was diagnosed with motor neurone disease, which eventually claimed his life in March 2006 at the age of 61.

1 comment:

That was so amzing. meanwhile, the football shirt at that time is also nice. Celtic football shirt always continue the traditional style. I also get the latest one http://www.wysjg.com/celtic-c-1_72/

Note: Only a member of this blog may post a comment.

Brian Seal Celebrating football's milestones, from the mundane to the magnificent (though we do try for more of the latter). View my complete profile

Battle [ edit | editar fonte]

First phase [ edit | editar fonte]

This phase concentrated on the town of Schmidt, astride an important German supply route, within the southern part of the forest.

The engagement began on 19 September 1944, with a probe by the U.S. 60th Infantry Regiment that entered the Hürtgen Forest but was beaten back by the terrain and opposition.

On 5 October, the U.S. 9th Infantry Division attacked the town of Schmidt using the 60th and 39th Infantry Regiments while the 47th held a defensive position. The Monschau-Düren road was quickly cut, but both regiments were slowed by defenses and suffered significant casualties: the 60th′s 2nd battalion was reduced to a third after the first day. The 39th was halted at the Weisser Weh Creek there were problems with narrow paths, air bursts in trees, and fire breaks which were blocked or enfiladed. Evacuation and supply was difficult or impossible.

The slogging match continued. By 16 October, 3,000 yd (2,700 m) had been gained at the cost of 4,500 casualties. The U.S. 28th Infantry Division—a Pennsylvania National Guard unit—arrived on 16 October to relieve the battered 9th.

The 28th Division was reinforced with armor, tracked M29 Weasel transports and air support. Of its three regiments, one was deployed to protect the northern flank, another to attack Germeter, and the third to capture Schmidt, the main objective. The area had terrible terrain with the Kall Trail running along a deep river ravine. The terrain was not suited for tanks, despite the need for armor to support the infantry.

A track from a U.S. armored vehicle that was hit and burned in the Kall Valley. The track section has melted into the road.

The attack by 28th Division started on 2 November the defenders were expecting it and were ready. The U.S. 109th Infantry Regiment was impeded after 300 yd (270 m) by an unexpected minefield, pinned down by mortar and artillery fire and harassed by local counterattacks. One mile was gained after two days, after which the 109th dug in and endured casualties. The U.S. 112th Infantry Regiment attacked Vossenack and the neighboring ridge, which were captured on 2 November. The 112th was then halted on the Kall by strong defenses and difficult terrain. The U.S. 110th Infantry Regiment had to clear the woods next to the River Kall, capture Simonskall, and maintain a supply route for the advance on Schmidt again, these were very difficult tasks due to weather, prepared defenses, determined defenders, and terrain. The weather prevented tactical air support until 5 November.

The 112th captured Schmidt on 3 November, cutting the German supply route to Monschau, but no American supply, reinforcement or evacuation was possible, as the Kall Trail was blocked. A strong German counterattack by tanks of the 116th Panzer Division and infantry from the 89th Infantry Division rapidly expelled the Americans from Schmidt, and they were unable to counterattack. For two days, the 112th remained hard pressed to hold its positions outside Schmidt.

On 6 November, the U.S. 12th Infantry Regiment was detached from the U.S. 4th Division and sent to reinforce the 28th Division.

Across the Kall Bridge the troops of the 28th U.S. Infantry Division pushed forward at the beginning of November 1944 to capture the village of Schmidt. After a few days, the so-called Allerseelenschlacht (All Souls' Day Battle) resulted in a disaster for the Americans. As American troops tried to retreat across this bridge to Vossenack, great parts of the Kall Valley were already cut off by the Germans. A German regimental doctor—Hauptmann Guenther Stuettgen—managed to negotiate an unofficial ceasefire with the Americans at the Kall Bridge from 7–12 November, in order to attend to the wounded of both sides. The lives of many American soldiers were saved by German paramedics. & # 9110 & # 93

At Vossenack, the 112th′s 2nd Battalion disintegrated after constant shelling and fled a German attack. Following the providential arrival of two U.S. armored platoons of tanks and M10 Wolverine tank destroyers, supported by those 2nd Battalion men who had held tight, and two companies of 146th Engineers operating as infantry, the Americans held on and the fighting for Schmidt continued until 10 November. After that, the positions at Schmidt and the Kall Trail were abandoned. It wasn't until February 1945 that the 82nd Airborne Division permanently captured the Kall trail and Schmidt.

Second phase [ edit | editar fonte]

The second phase was part of Operation Queen, the Allied thrust to the Rur River. In this phase, the U.S. 4th Division was to clear the northern half of the forest between Schevenhütte and Hürtgen, capture Hürtgen and advance to the Rur south of Düren. From 10 November, this would be VII Corps′ responsibility and it was part of the main VII Corps effort to reach the Rur. The 4th Division was now fully committed to the Hürtgen, although its 12th Infantry Regiment was already mauled from its action at Schmidt, leaving just two fully effective regiments to achieve the divisional objectives. U.S. VII Corps was opposed by German forces, mainly from the LXXXI Corps, consisting of three understrength divisions. In the Hürtgen, there was the 275th Infantry Division — 6,500 men with 150 artillery pieces. They were well dug-in and prepared.

The abstract of a U.S. report describes what happened: ⎗]

The VII (U.S.) Corps, 1st Army attacked 16 November 1944 with 1st Inf Div, 4th Inf Div, 104th Inf Div, and CCR 5th AD to clear Huertgen Forest and the path of 1st Army to the Rur River. After heavy fighting, primarily by the 4th Infantry Division, VII Corps' attack ground to a halt. V Corps was committed on 21 November 1944. Attacking with 8th Inf Div, and CCR 5th AD, the V Corps managed to capture Huertgen after stiff fighting on 28 November 1944.

The attack started on 16 November. The two infantry regiments attacked in parallel columns: the 8th along the northern edge of the forest towards Düren, the 22nd further south in parallel. The open flanks invited infiltration. Similar tactics elsewhere in Hürtgen had "invited disaster".

A heavy German infantry gun firing in defense of a U.S. attack on 22 November 1944 in the Hürtgen forest.

Attacks by the 8th Infantry Regiment on Rother Weh Creek hit heavy resistance and were repulsed with heavy losses. The 22nd failed to take Raven′s Hedge (Rabenheck), beaten back by heavy machine-gun and artillery fire along the firebreaks. After three days, there were 300 losses, including officers and NCOs.

By 18 November, tanks were deemed essential, so engineers blasted tank routes through the forest. Communications and logistics remained a problem, so the next day the attack paused to allow re-supply and evacuation of the wounded. German reinforcements arrived from 344th and 353rd Infantry Divisions and resistance stiffened further.

Responsibility was returned to V Corps and, on 21 November, 8th Division attacked the Weisser Weh valley, continuing toward Hürtgen. The 121st Infantry Regiment hit heavy defenses immediately. Despite armored support from the 10th Tank Battalion, daily advances were less than 600 yd (550 m). Hürtgen was taken on 29 November and the battle continued to Kleinhau, 1 mi (1.6 km) north.

The final action in the Hürtgen Forest was at Langerwehe-Merode, on the northeastern edge of the forest. Two American companies took the village but they were later destroyed in a German counterattack. Later the secret daily report of the Supreme High Command of the German Army (Oberkommando des Heeres (OKH)) of 27 November stated that in the old Langerwehe penetration area the U.S. Army (enemy) won terrain. ⎘]

Elements of the 8th and the 28th Infantry Divisions then advanced on Brandenberg. The 28th Division—just like the 9th before it (and the 4th Infantry Division, which would relieve the 28th)—also took heavy casualties during its stay in the Hürtgen Forest. On 14 November, the 2nd Ranger Battalion arrived to relieve elements of the 112th Infantry Regiment. On 6 December, the Rangers moved on Bergstein and subsequently took the strategic position of Hill 400 from defending troops from 980th Grenadier Regiment of the 272nd Volksgrenadier Division. Shortly thereafter, on 12 December, the towns of Gey and Strass were taken by American Forces.

Military actions at the Westwall up to 15 December alone brought death, injury, or captivity to over more than 250,000 soldiers from both sides. The 1st and 9th U.S. Army — 57,039 battle casualties (dead, wounded, captured, missing in action) 71,654 non-battle casualties, i.e. accidents, diseases such as pneumonia, trench foot, frostbite, and trauma. German Armed Forces presumably 12,000 dead, 95,000 captured (documented), and an unknown number of wounded. Δ] :616


Today in World War II History—September 30, 1939 & 1944

80 Years Ago—September 30, 1939: French troops withdraw from German Saar region.

Gen. Władysław Sikorski becomes prime minister of the Polish government-in-exile in Paris.

New song in Top Ten: “Moonlight Serenade.”

Soldier poses next to one of the German coastal guns captured by the Canadians at Cap Gris Nez, France, 1 October 1944 (Imperial War Museum B 10467)

75 Years Ago—Sept. 30, 1944: Allies capture last German cross-Channel guns residents of heavily bombarded Dover, England celebrate.


Assista o vídeo: Batalha das Ardenas - 16 de Dezembro de 1944