Kermoor Str - História

Kermoor Str - História

Kermoor

Um antigo nome mantido.

(Str: dp. 3.106; 1. 378 '; b. 52'4 "; dr. 22'6"; v. 9 k .; cpl. 67; a. 13?')

Kermoor, um navio de carga, foi construído em 1907 por J. L. Thompson & Sons, Ltd., Sunderland, Inglaterra; assumido pelo Exército em 14 de março de 1918 de seu proprietário, Kerr Navigation Corp., Nova York; e adquirido e comissionado pela Marinha em 1º de novembro em Cardiff, País de Gales, Tenente Comdr. T. Cartwright, USNRF, no comando.

Operado pela Marinha sob a conta do Exército, Kermoor serviu fora de Cardiff, transportando carvão e suprimentos militares entre os portos britânicos e franceses. Desapegada do serviço de canal em 1º de março de 1919, ela partiu para Queenstown, Irlanda, em 6 de março para os Estados Unidos com uma carga de provisões militares. Chegando a Baltimore, Maryland, em 27 de março, ela seguiu para Nova York em 21 de abril. Ela chegou em 23 de abril e descarregou sua carga. Kermoor descomissionou em 5 de maio e foi devolvida ao seu dono pela USSB no mesmo dia.


Podemos colocá-lo em contato com um agente para uma avaliação de propriedade gratuita e sem compromisso.

Quanto vale a minha casa?

Aproxime-se do que importa

Encontre um agente

Explore Zoopla

Construa seu negócio

Links para contas de mídia social da Zoopla e # x27s

Informações jurídicas e corporativas

© 2021 Zoopla Limited. Todos os direitos reservados.

Os preços das casas vendidas são fornecidos pelo Land Registry / Registers of Scotland. © Crown copyright 2021.

Nosso site é totalmente gratuito para você usar, mas podemos receber uma comissão de algumas das empresas para as quais temos links no site.

* Zoopla Limited é um representante nomeado da Uswitch Limited, que é autorizada e regulamentada pela Autoridade de Conduta Financeira (FRN 312850) para fornecer este serviço de comparação de hipotecas.

** Uswitch Limited é autorizada e regulamentada pela Financial Conduct Authority (FCA) sob o número de referência da empresa 312850. O serviço de comparação de seguros para residências é fornecido pela Autonet Insurance Services Ltd, registrada na Inglaterra com o número 3642372. Autonet Insurance Services Ltd tem sua sede social em Nile Street, Burslem, Stoke-on-Trent ST6 2BA Reino Unido. A AutoNet Insurance Services Ltd é autorizada e regulamentada pela Financial Conduct Authority (FCA) (número de registro: 308213).

*** Com base em uma pesquisa nas áreas do código postal de Londres (E, EC, N, NW, SE, SW, W, WC) em outros portais de propriedades online do Reino Unido. Em 11 de março de 2019.


Quanto vale a minha casa?

Aproxime-se do que importa

Encontre um agente

Explore Zoopla

Construa seu negócio

Links para contas de mídia social da Zoopla e # x27s

Informações jurídicas e corporativas

© 2021 Zoopla Limited. Todos os direitos reservados.

Os preços das casas vendidas são fornecidos pelo Land Registry / Registers of Scotland. © Crown copyright 2021.

Nosso site é totalmente gratuito para você usar, mas podemos receber uma comissão de algumas das empresas para as quais temos links no site.

* Zoopla Limited é um representante nomeado da Uswitch Limited, que é autorizada e regulamentada pela Autoridade de Conduta Financeira (FRN 312850) para fornecer este serviço de comparação de hipotecas.

** Uswitch Limited é autorizada e regulamentada pela Financial Conduct Authority (FCA) sob o número de referência da empresa 312850. O serviço de comparação de seguro residencial é fornecido pela Autonet Insurance Services Ltd, registrada na Inglaterra sob o número 3642372. A Autonet Insurance Services Ltd tem sua sede social em Nile Street, Burslem, Stoke-on-Trent ST6 2BA Reino Unido. A AutoNet Insurance Services Ltd é autorizada e regulamentada pela Financial Conduct Authority (FCA) (número de registro: 308213).

*** Com base em uma pesquisa nas áreas do código postal de Londres (E, EC, N, NW, SE, SW, W, WC) em outros portais de propriedades online do Reino Unido. Em 11 de março de 2019.


Os verdadeiros assassinos: ateísmo ou cristianismo?

Recebi um telefonema de um senhor de San Francisco que foi exorcizado sobre missionários cristãos indo para terras estrangeiras. Então ele começou a falar não apenas sobre a destruição das crenças indígenas, mas também sobre a destruição dos missionários. Isso é o que ele queria que acontecesse. Ele também disse que os cristãos e grupos religiosos são os responsáveis ​​pelos maiores massacres da história. Acontece que ele apoiou bastante a Wicca e as religiões indígenas que adoram a força da Mãe Terra, Gaia. Este é essencialmente o fundamento básico da bruxaria e eu fiz um comentário que era basicamente sobre isso que ele estava falando.

Mas algumas das coisas que ele disse foram um desafio para mim. Ele não apenas afirmou que, historicamente, os missionários destruíram culturas e religiões indígenas na ponta de uma arma, mas também o cristianismo e a religião foram responsáveis ​​pela maior parte do derramamento de sangue no mundo, ou pela grande maioria dele. Eu já ouvi essa afirmação antes. Queria responder com mais detalhes porque tenho certeza de que você também ouviu essas coisas.

Eu tenho uma tática que emprego em situações como essa que é chamada de "Just the Facts, Madame." Em outras palavras, há momentos em que você se depara com objeções ao Cristianismo ou seu ponto de vista que realmente falham com uma avaliação precisa dos fatos. Existem pessoas que fazem acusações e afirmações empiricamente falsas. Este é um deles.

A afirmação é que a religião causou a maior parte das mortes e derramamento de sangue no mundo. As maiores atrocidades cometidas contra o homem foram feitas em nome de Deus.

Antes de chegar aos fatos específicos, há mais do que apenas um problema factual aqui. Também há um problema teórico, e tentei enfatizar que devemos distinguir entre o que um indivíduo ou grupo de pessoas faz e o que o código que eles supostamente seguem realmente afirma. O fato é que existem pessoas que fazem coisas consistentemente que são inconsistentes com o código que supostamente seguem. Mas muitas vezes, quando isso acontece, especialmente no que diz respeito à religião, o dedo é apontado não para o indivíduo que está escolhendo fazer algo bárbaro, mas para o código que ele afirma representar. A única vez em que é legítimo apontar o código como a fonte da barbárie é se o código for, de fato, a fonte da barbárie. As pessoas se opõem a uma religião que usava meios bárbaros para espalhar a fé. Mas só se pode usar isso como uma objeção contra a religião se for a própria religião que afirma que se deve fazer desta forma, ao contrário de pessoas que tentam promover a propagação da religião de forma contundente em contradição com o que a religião realmente ensina.

É meu entendimento que muito do Islã foi espalhado pelo fio da espada. Não porque os defensores muçulmanos fossem particularmente violentos. É porque a religião deles realmente defende esse tipo de coisa. A diferença entre isso e o Cristianismo é que, quando o Cristianismo foi espalhado pelo fio da espada, foi feito em contradição com os verdadeiros ensinamentos do Cristianismo. Isso ocorre quando pessoas que afirmam ser cristãs realmente fazem coisas que são inconsistentes com sua fé.

Algumas pessoas me disseram quando eu trouxe isso à tona: "Essa não é uma defesa justa. Você não pode simplesmente dizer que aquelas pessoas que cometeram as Cruzadas ou a Inquisição ou a queima de bruxas não eram Cristãos de verdade. Isso é ilegítimo. " Minha resposta é: por quê? Nós sabemos o que é um verdadeiro cristão. Um verdadeiro cristão é alguém que acredita em certas coisas e vive um determinado tipo de estilo de vida. João deixa claro que aqueles que vivem consistentemente injustamente são ipso facto por definição, não faz parte da fé. Então, por que é ilegítimo para mim olhar para pessoas que afirmam ser cristãs, mas vivem vidas injustas, e promover o genocídio para dizer que essas pessoas não estão vivendo de acordo com o texto, portanto, você não pode realmente chamá-las de cristãs. Eu acho que isso é legítimo.

Por exemplo, ninguém culparia o Juramento de Hipócrates, que é um padrão de conduta muito rígido para médicos, apenas porque há médicos que não o cumprem. Não diríamos que há algo errado com o juramento, o código que eles supostamente seguem. Diríamos que há algo errado com os indivíduos que não seguem os ideais desse código. Esse é o caso freqüentemente quando as pessoas agitando a Bíblia com uma das mãos também agitam uma espada ensanguentada com a outra. Os dois são inconsistentes. Portanto, não é justo ou razoável culpar a Bíblia quando a pessoa que está brandindo a espada está fazendo coisas que são contraditórias ao que a Bíblia ensina que deve ser feito.

Portanto, essa é a primeira coisa importante a lembrar quando você enfrentar uma objeção como esta. Faça a distinção entre o que uma pessoa faz e o que o código que ela afirma seguir realmente afirma. Cristianismo é uma coisa, e se vamos culpar o Cristianismo, devemos culpar seus ensinamentos e não culpá-lo, porque há pessoas que dizem que são Cristãs, mas vivem uma vida que é totalmente moralmente divergente do que o Cristianismo realmente ensina.

Como eu disse antes, esse tipo de objeção cai quando você emprega uma tática que chamo de "Apenas os fatos, senhora", e gostaria de lhe dar alguns desses fatos. Minha afirmação ao responder ao senhor que ligou na semana passada foi simplesmente esta, é verdade que existem cristãos que fazem coisas más. Até tirar a vida das pessoas. Isso é uma indicação de que essas pessoas não são verdadeiramente cristãs, mas pode ser verdade também que pessoas com o coração certo, mas a cabeça errada, fazem coisas que são inadequadas, como eu acho que pode ter sido o caso nos julgamentos das bruxas de Salem.

Meu caso básico é que a religião não promove esse tipo de coisa, é a exceção à regra. A regra na verdade é que quando removemos Deus da equação, quando agimos e vivemos como se não tivéssemos ninguém a quem responder além de nós mesmos, e se Deus não existe, então o império da lei é o darwinismo social - a regra forte do fraco. Descobriremos que, muito pelo contrário, não é o cristianismo e a crença no Deus da Bíblia que resulta em carnificina e genocídio. Mas é quando as pessoas rejeitam o Deus da Bíblia que ficamos mais vulneráveis ​​a esses tipos de coisas que vemos na história que são a destruição radical e grosseira de vidas humanas.

Vamos fazer os testes de feitiçaria de Salem. Aparentemente, entre junho e setembro de 1692, cinco homens e quatorze mulheres foram condenados e enforcados porque a lei inglesa exigia a pena de morte para bruxaria (que, aliás, era igual ao Antigo Testamento). Durante esse tempo, mais de 150 outras pessoas foram presas. As coisas finalmente terminaram em setembro de 1692, quando o governador William Phipps dissolveu o tribunal porque sua esposa havia sido acusada. Ele disse o suficiente sobre essa insanidade. A propósito, foi o principal ministro da colônia quem finalmente encerrou a caça às bruxas em 1693 e os que permaneceram na prisão foram libertados. O juiz que presidia os julgamentos confessou publicamente sua culpa em 1697. A propósito, é interessante notar que este juiz em particular estava muito preocupado com a situação do índio americano e se opôs à escravidão. Estas são opiniões que não se coadunam com a caricatura comum dos puritanos radicais na caça às bruxas. Em 1711, as legislaturas das colônias repararam os herdeiros das vítimas. Eles anularam as condenações.

Acho que a questão é que houve uma caça às bruxas. Foi baseado em razões teológicas, mas não na extensão que normalmente se afirma. Acho que na semana passada o interlocutor disse que milhões e milhões foram queimados na fogueira como bruxas. Certamente não era o caso neste país. Parecia que a caça às bruxas era resultado de má aplicação teológica e as pessoas envolvidas eram penitentes. Toda a caça às bruxas durou apenas um ano. Dezesseis pessoas foram enforcadas na Nova Inglaterra por bruxaria antes de 1692. Na caça às bruxas de 1692, dezenove foram executados. Então você tem trinta e cinco pessoas. Cento e cinquenta presos. Isso não tem o objetivo de diminuir ou minimizar o impacto da caça às bruxas americana, que resultou em trinta e cinco mortes. Mas trinta e cinco não são milhões. Não são centenas de milhares. Não são nem centenas. São trinta e cinco. Isso não foi genocídio.

Agora na Europa era um pouco diferente. Joana d'Arc foi queimada na fogueira por praticar feitiçaria em 1431. Durante um período de 300 anos, de 1484 a 1782, a igreja cristã condenou à morte 300.000 mulheres acusadas de feitiçaria, cerca de 1.000 por ano. Novamente, não quero minimizar o impacto de 1000 vidas perdidas por ano, mas aqui estamos falando de um número muito, muito menor durante um longo período de tempo do que o que foi reivindicado no passado.

Na América, estamos falando de trinta e cinco pessoas. Na Europa, há mais de 300 anos, estamos falando de 300.000. Não milhões. As fontes aqui são World Book Encyclopedia e Enciclopédia americana. Você também pode ler em Newsweek, 31 de agosto de 1992. Fui acusado de ser um mentiroso na semana passada. Estou tentando dar a você os fatos de fontes confiáveis ​​que mostram que as acusações da semana passada não são precisas.

Houve duas Inquisições. Um deles começou por volta do final do primeiro milênio em 1017. Começou como uma tentativa de erradicar os hereges e ocorreu principalmente na França, Alemanha, Itália e Espanha. A Inquisição Espanhola seguiu no século XIV e foi muito mais sangrenta. Tudo começou como uma aristocracia feudal que impôs valores religiosos à sociedade. Judeus foram pegos no meio disso e muitos deles foram mortos. Cerca de 2.000 execuções ocorreram. A Inquisição que aconteceu na virada do milênio, menos que isso. Então, estamos falando de milhares de pessoas, não milhões.

Na verdade, houve sete cruzadas diferentes e dezenas de milhares morreram nelas. A maioria deles foi uma tentativa mal direcionada de libertar a Terra Santa. Alguns não eram bem assim. Havia alguns aspectos positivos neles, mas foram basicamente uma atrocidade ao longo de algumas centenas de anos. O pior foi a Cruzada das Crianças. Todas as crianças que foram lutar morreram no caminho. Alguns naufragaram e os restantes foram levados como escravos no Egito.

Uma praga no Cristianismo? Certeza. Algo errado? Terrivelmente errado. Uma tragédia? Claro. Milhões e milhões de pessoas mortas? Não. Os números são trágicos, mas são insignificantes em comparação com as estatísticas do que criminosos não religiosos cometeram.

Meu ponto não é que os cristãos ou pessoas religiosas não sejam vulneráveis ​​a crimes terríveis. Certamente são. Mas não é a religião que produz essas coisas, é a negação da religião bíblica que geralmente leva a esse tipo de coisas. As estatísticas resultantes de genocídios irreligiosos confundem a imaginação.

Minha fonte é O Livro Guinness dos Recordes Mundiais. Procure na categoria “Judicial” e sob o tema “Crimes: Assassinatos em Massa”, o maior massacre já imputado pelo governo de um soberano contra o governo de outro é de 26,3 milhões de chineses durante o regime de Mao Tse Tung entre os anos de 1949 e maio de 1965. O Relatório Walker publicado pelo Comitê do Judiciário do Senado dos Estados Unidos em julho de 1971 estabeleceu os parâmetros do número total de mortos na China desde 1949 entre 32 e 61,7 milhões de pessoas. Uma estimativa de 63,7 milhões foi publicada por Figaro revista em 5 de novembro de 1978.

Nos EUA, o vencedor do Prêmio Nobel, Alexander Solzhenitsyn estima a perda de vidas devido à repressão estatal e ao terrorismo de outubro de 1917 a dezembro de 1959 sob Lenin e Stalin e Khrushchev em 66,7 milhões.

Finalmente, no Camboja (e isso foi perto de mim porque eu morei na Tailândia em 1982 trabalhando com os pedaços quebrados do holocausto cambojano de 1975 a 1979) “como uma porcentagem da população total de uma nação, o pior genocídio parece ser aquele em Camboja, antigo Kampuchea. De acordo com o ministro das Relações Exteriores do Khmer Vermelho, mais de um terço dos oito milhões de Khmer foram mortos entre 17 de abril de 1975 e janeiro de 1979. Um terço de todo o país foi condenado à morte sob o governo de Pol Pott, o fundador do Comunista Parte do Kampuchea. Durante esse tempo, as cidades, o dinheiro e as propriedades foram abolidos. Execução econômica por baioneta e clava introduzida para crimes como adormecer durante o dia, fazer muitas perguntas, tocar música não comunista, ser velho e fraco, ser filho de alguém indesejável ou ser muito bem educado. Na verdade, as mortes no centro de interrogatório Tuol Sleng em Pnom Penh, que é a capital de Kampuchea, chegaram a 582 em um dia. ”

Então, na história chinesa dos séculos XIII a XVII, houve três períodos de massacre em massa. O número de vítimas atribuídas a esses eventos são afirmações, e não estimativas confiáveis. Os números da invasão mongol ao norte da China de 1210 a 1219 e de 1311 a 1340 são da ordem de 35 milhões de pessoas. Enquanto o número de vítimas do líder bandido Chang Hsien-chung, conhecido como o Tigre Amarelo, de 1643 a 1647 na província de Sichuan foi estimado em mais de um milhão de pessoas.

China sob Mao Tse Tung, 26,3 milhões de chineses. De acordo com o Relatório Walker, 63,7 milhões durante todo o período da revolução comunista na China. Solzhenitsyn diz que a União Soviética matou 66,7 milhões de pessoas. O Kampuchea destruiu um terço de sua população de oito milhões de cambojanos. Os chineses na história medieval, algo em torno de 35 milhões e 40 milhões de pessoas. Senhoras e senhores, observem que essas mortes foram o resultado de organizações ou pontos de vista ou ideologias que deixaram Deus fora da equação. Nenhum deles envolve religião. E todos, exceto o último, realmente afirmam o ateísmo.

Parece-me que a ilustração do meu colega Dennis Prager não pode ser melhorada para mostrar a capacidade evidente da religião bíblica para conter o mal. Ele pergunta isso nesta ilustração. Se você estivesse andando em uma rua escura à noite no centro de Los Angeles e visse dez rapazes andando em sua direção, você se sentiria mais confortável se soubesse que eles acabaram de chegar de uma aula de Bíblia? Claro, a resposta é certamente você. Isso demonstra que a religião, e a religião bíblica em particular, é um mitigador do mal no mundo.

É verdade que é possível que a religião possa produzir o mal e, geralmente, quando olhamos mais de perto os detalhes, ela produz o mal, porque as pessoas individuais estão realmente vivendo em uma rejeição aos princípios do Cristianismo e uma rejeição ao Deus que eles deveriam estar seguindo. Portanto, pode produzi-lo, mas o fato histórico é que a rejeição total de Deus e a institucionalização do ateísmo na verdade produzem o mal em níveis incríveis. Estamos falando de dezenas de milhões de pessoas como resultado da rejeição de Deus.


Cardwells Sales, Lettings, Management & amp Commercial, Bolton

11 Institute Street, Bolton, BL1 1PZ

Nossos escritórios estão localizados em Bolton e Bury, e temos o orgulho de vender e alugar propriedades em todo o noroeste da Inglaterra. A Cardwells está empenhada em obter o sucesso para você na venda ou aluguel do seu imóvel e, para isso, nossos escritórios estão abertos sete dias por semana, oferecendo visitas acompanhadas somente com hora marcada e avaliações de mercado aberto. Entendemos que você, como fornecedor, precisa de um serviço confiável com feedback das visualizações e um mercado construtivo e pró-ativoi

Afiliações da indústria


Como a bandeira confederada é usada hoje?

Hoje, a história da bandeira confederada gira menos em torno de seus primórdios e mais em seu uso como uma bandeira rebelde. É amplamente usado para representar a oposição à equidade entre todas as raças e credos. É por isso que muitas pessoas se opuseram ao fato de que a bandeira da Confederação foi hasteada acima do palácio do governo na Carolina do Sul por muitos anos. Dylann Roof - o jovem de 21 anos que atirou e matou nove pessoas negras em uma igreja de Charleston em junho de 2015 e expressou seu desejo de iniciar uma “guerra racial” - foi fotografado pisoteando e queimando a bandeira americana e agitando a bandeira confederada.

O ato brutal de Roof renovou o debate sobre o significado da bandeira e o uso em espaços públicos. Em resposta ao tiroteio, a ativista Bree Newsome arrancou a bandeira da Câmara do Estado da Carolina do Sul antes de ser retirada permanentemente semanas após os tiroteios.

No ano seguinte, em maio de 2016, a Câmara dos Estados Unidos proibiu que as bandeiras dos Confederados fossem hasteadas em cemitérios administrados pela Administração de Veteranos. Além disso, grandes varejistas, incluindo Wal-Mart, eBay e Sears pararam de vendê-lo, e vários fabricantes de bandeiras também pararam de produzi-lo.

Apesar dessas mudanças, ainda existem defensores da bandeira confederada que insistem que a resposta à pergunta: "A bandeira confederada é racista?" é não. Em dezembro de 2019, Nikki Haley, a ex-governadora da Carolina do Sul e embaixadora das Nações Unidas (que na verdade ordenou a remoção da bandeira da Câmara estadual de Charleston), foi criticada depois de dizer que Roof "sequestrou" a bandeira confederada, e isso para o povo da Carolina do Sul, a bandeira representava “serviço e sacrifício e herança”.


Conteúdo

Primeiros anos e segunda guerra mundial Editar

O aeroporto foi construído em 1939 para substituir o Aeroporto de Böblingen. Em 1945, o Exército dos Estados Unidos assumiu o aeroporto até devolvê-lo às autoridades alemãs em 1948.

Durante a Guerra Fria, a pista e as instalações foram compartilhadas com o Exército dos Estados Unidos que operava helicópteros, o Grumman OV-1 Mohawk e outras aeronaves de asa fixa como Campo de aviação do Exército de Echterdingen na porção sul do campo de aviação. [4] [5] Algumas das unidades operando em Echterdingen estavam sediadas nas proximidades de Nellingen Kaserne- agora fechada e reconstruída. [6] Em 1984–5, o 223º Batalhão de Aviação (Combate) do 11º Grupo de Aviação (Combat) estava sediado em Echterdingen, com três empresas de aviação designadas (uma em Schwäbisch Hall). [7] O Exército dos EUA ainda mantém uma pequena base de helicópteros - Aeródromo do Exército de Stuttgart - no lado sul do aeroporto, que compartilha com a asa de helicópteros da Polícia Estadual de Baden-Württemberg. A asa do helicóptero da polícia está sob o controle do Departamento de Polícia de Stuttgart e tem seis helicópteros modernos baseados em Stuttgart e dois em Söllingen.

Desenvolvimento posterior Editar

O aeroporto foi ampliado após a Segunda Guerra Mundial. A pista foi estendida para 1.800 m (5.906 pés) em 1948, depois para 2.250 m (7.382 pés) em 1961 e, finalmente, para 3.345 m (10.974 pés) em 1996. A renovação foi programada para 2020, a fase de fechamento total foi antecipada para ser concluída em abril, durante o bloqueio da corona. [8]

O terminal original de 1938 foi finalmente substituído em 2004 e agora existem quatro terminais com uma capacidade máxima de aproximadamente 12 milhões de passageiros.

Políticos, urbanistas e moradores das redondezas discutem há anos sobre a construção de uma segunda pista. No entanto, em 25 de junho de 2008, o Ministro-Presidente Günther Oettinger anunciou que nos próximos 8-12 anos nenhuma segunda pista será construída e que as restrições para operações noturnas permanecerão em vigor. [9] [10]

Após a morte do ex-prefeito Manfred Rommel em novembro de 2013, os políticos locais propuseram renomear o aeroporto em sua homenagem. [11] Esta proposta causou disputas públicas, pois ele era filho de Erwin Rommel, mas também altamente respeitado por seu trabalho em assuntos interculturais. [12] Em julho de 2014, foi anunciado que o aeroporto será nomeado Flughafen Stuttgart - Manfred Rommel Flughafen de agora em diante. [13] Em setembro de 2016, o aeroporto revelou uma nova marca e design corporativo, mudando seu nome oficial de Flughafen Stuttgart para Aeroporto de Estugarda. [14]

Em setembro de 2014, a United Airlines cancelou sua rota de Newark para Stuttgart devido à demanda insuficiente [15], deixando o aeroporto de Stuttgart com apenas uma conexão de longo curso restante para Atlanta fornecida pela Delta Air Lines.

Em outubro de 2014, a easyJet anunciou que serviria Stuttgart como seu sétimo destino alemão em março de 2015. [16] Em dezembro de 2014, a Ryanair também adicionou Stuttgart como um destino em sua rede com seis voos semanais para Manchester a partir de abril de 2015. [17]

A Air Berlin anunciou o início de um serviço para Abu Dhabi a partir de dezembro de 2014. [18] Em 31 de maio de 2016, a Air Berlin cessou seus voos para Abu Dhabi. [19] Em outubro de 2016, a Air Berlin anunciou que fecharia suas instalações de manutenção no aeroporto devido ao corte de custos e medidas de reestruturação. [20]

Em julho de 2020, a Lauda anunciou o fechamento de sua base no aeroporto de Stuttgart - que funcionava como um wetlease para a Ryanair - em outubro de 2020. Antes desse anúncio, a equipe da base rejeitou um novo contrato de trabalho. [21]

O Aeroporto de Stuttgart consiste em quatro terminais de passageiros que possuem instalações de check-in e entradas separadas, mas estão diretamente conectadas entre si e compartilham uma única área do lado ar que possui oito pontes de jato, bem como cerca de duas dezenas de postos de embarque de ônibus. [22]

  • Terminal 1 é o primeiro de dois salões principais do lado da terra e apresenta, juntamente com os balcões de check-in adicionais do Terminal 1-Oeste 50. Ele compartilha o teto com os terminais 2 e 3 e é usado principalmente pela Eurowings e pela Turkish Airlines.
  • Terminal 2 é uma pequena área com nove balcões de check-in e um posto de controle de segurança. Ele está localizado na área comercial entre os salões principais dos terminais 1 e 3. Ele é usado por parceiros da Lufthansa e da Star Alliance, além de seus balcões no Terminal 1.
  • Terminal 3 é o segundo dos dois corredores principais do lado da terra a leste dos Terminais 1 e 2 e possui 39 balcões de check-in adicionais. É usado pela TUIfly e KLM entre várias outras companhias aéreas.
  • Terminal 4 é, ao contrário dos outros três terminais, um edifício separado e equipado de forma básica a leste dos terminais 1 a 3, mas também conectado a eles por uma passagem. Possui mais 17 balcões de check-in, bem como vários portões de embarque de ônibus e é usado principalmente para operações de fretamento de feriados. Em março de 2018, a administração do aeroporto anunciou que o Terminal 4 será totalmente reconstruído e ampliado nos próximos anos. [23]

Edição de Passageiro

As seguintes companhias aéreas oferecem voos regulares regulares e voos charter no Aeroporto de Stuttgart: [24]


O primeiro plano precisa de um fundo

Ao longo de mais de 170 anos, a ambição de desempenhar um papel ativo na definição do futuro transformou a operação de dez homens da Schöneberger Strasse 19 em Berlim em uma grande corporação internacional.

Como a Siemens difere de tantas outras empresas? A resposta: a Siemens sempre foi inovadora, orientada para seus clientes e qualidade, internacional, responsável, capaz de resistir a crises e capaz de mudar. Essas características o mantiveram forte e único, em tempos bons e ruins. Junte-se a nós em uma emocionante jornada pela história de nossa empresa.

Experimente o que fez da Siemens a empresa de classe mundial que é hoje.


Estamos focados na compatibilidade de todos os nossos produtos ES para garantir uma integração perfeita em sistemas de automação residencial. Também somos certificados por diversos terceiros para garantir que nossos produtos domésticos premium ofereçam suporte a uma ampla variedade de sistemas e empresas de automação.

A Sony fabrica as melhores câmeras de cinema, gravadores, monitores e servidores de bloco de mídia do mundo. E hoje, mais de 15.000 telas de cinema usam projetores de cinema digital Sony 4K. O Colorworks da Sony Pictures emprega a mais sofisticada tecnologia de imagem digital para fornecer as melhores soluções 4K. Todos os nossos produtos de home theater 4K são otimizados por meio da experiência de nossos engenheiros de estúdio.


PP172

Memórias e memorabilia estiveram em destaque no Tribunal no domingo, 18 de julho. O dia começou às 9h com o & # 8220Creative Memories & # 8221 workshop quando membros e amigos faziam exibições de fotos sobre um tema de sua escolha, usando materiais sem ácido. Os temas escolhidos foram celebrações especiais de aniversário, várias gerações de uma família, locais históricos locais e um mostrando grupos de abelhas operárias realizadas nos últimos tempos para melhorar e embelezar o Toll Bar Park em Lexton. Os produtos acabados foram muito atrativos e os assistentes passaram momentos agradáveis ​​e relaxantes, sabendo que os seus esforços não se deterioram com o tempo, devido aos materiais isentos de ácido utilizados.

Após a assembleia geral à tarde, era hora de & # 8220Mostrar e contar & # 8221, quando outra interessante exibição de tesouros foi admirada. Isso incluía um broche de ébano esculpido, a escultura de um centurião romano e sua senhora um lindo broche de camafeu e um pingente combinando com um lenço de seda com motivos esportivos para marcar os Jogos Olímpicos realizados em Melbourne em 1956 uma figura de crochê de uma lhama, com um menino e menina montada em suas costas, da América do Sul uma excelente foto do interior da Escola Primária Moonambel, tirada em 1922, quando a escola ganhou um concurso para seus experimentos com eucalipto uma cópia de uma carta escrita em 1920 pelo então Príncipe de Gales (mais tarde Eduardo VIII, então duque de Windsor após sua abdicação) para dizer o quanto ele gostou de sua visita à Austrália & # 8211, uma cópia desta carta foi dada a todas as crianças na escola na época em que uma medalha de ouro foi entregue ao vencedor da corrida do campeonato no Carnaval de Avoca em 1921 e alguns belos exemplos do que se pode fazer com a arte da decupagem.

A próxima reunião será realizada no Tribunal de Justiça no domingo, 15 de agosto, às 13h30. Após a reunião de negócios, uma abelha de trabalho será realizada para preparar o Tribunal para o oficina de conservação que a Sociedade sediará no sábado, 11 de setembro, das 10h às 16h. Isso está sendo administrado pelo VCCCM (o Centro de Conservação de Material Cultural de Victoria). Sua experiente conservadora e treinadora, Caroline Fry, apresentará o workshop intitulado & # 8220Tudo o que você sempre quis saber sobre conservação, mas teve medo de perguntar! & # 8221 O workshop se concentrará na conservação preventiva e nos fatores que causam a deterioração de artefatos e Serão fornecidas informações sobre algumas maneiras acessíveis e de baixa tecnologia de abordar essas questões. Este é um tema de interesse de quase todos e esperamos ver visitantes de outras sociedades presentes no dia, bem como membros do público em geral interessados ​​em preservar os tesouros de sua família. Entre em contato com Jill Hunter pelo telefone 54 672 211 para informar que comparecerá.

Procurado & # 8211 um Secretário para a Sociedade. Até que esta posição seja preenchida, a Sociedade continuará com Wendy Taylor atuando como Secretária de Atas e a Presidente Jill Hunter cuidando da correspondência da Sociedade. Nossos agradecimentos a Jill e Wendy por esta ajuda.

Novo endereço de e-mail para Wendy. Wendy Taylor informa que tem um novo endereço de e-mail, conforme mostrado no início deste boletim informativo & # 8211 [email protected] Solicita-se aos membros da Internet que anotem essa alteração.

Diretório de interesses dos membros. Conforme sugerido em nosso último boletim informativo, nosso Diretório de interesses de membros agora faz parte de nosso site e estamos dando aos membros a oportunidade de atualizar suas entradas se houver nomes que desejam adicionar àqueles que já listaram. Também pode haver membros que não enviaram seus interesses para publicação em nosso último diretório impresso, bem como membros que se juntaram após a data de encerramento para envio de inscrições para esse diretório em 1997. Aqui está sua oportunidade de ser incluído nesta lista por contatando Wendy em seu endereço de e-mail ou pelo telefone 54 677 228. Lembre-se de que estamos interessados ​​apenas em sua pesquisa na área mais ampla de Avoca. Note that new members will automatically be added to this listing each month, so please list your interests on your form when joining.

Our Web-site. Wendy Taylor reported that we have had over 4,000 visitors to our web-site. She and Denis Strangman are very busy these days up-dating the entries for the Members’ Interests Directory. At our meeting, it was unanimously agreed that a special vote of thanks should be recorded in the minutes for the time and effort both Wendy and Denis are devoting to the Society, keeping things up-to-date on the Internet for us.

New Members. A warm welcome is extended to the following new members –

Miss Helen BEEKE, of Tonbridge, Kent, England, who is researching the MILGATE family.

Mr. Neil WILTSHIRE, of Vermont, Vic., whose interest is the WILTSHIRE family.

Megan BIBBY, of Laverton South, Vic., researching the VANCE, PERRY, START,

GREADY and NAISH families, and the LANDSBOROUGH and CROWLANDS areas.

Mrs. Lorraine FRASER (nee MORRIS), of West Brunswick, Vic.

Miss Amanda GREENWOOD, of Lower Homebush, Vic.

Donations to the Court House Restoration Fund. The Society expresses its thanks to the following members for their generous donations to this fund: D. McKenzie E.V. Roberts Ros Baker L.A. Wilson C.A. Rohde D.K. Greenwood L. O’Halloran and Leo Leyden.

Thanks must also go to Margaret Oulton for her kind donation to the Society of a fold-up lectern for use at the Court House.

The Writings of Thomas Martin at Newstead. The Newstead and District Historical Society Inc. advise that they will be presenting a repeat season of The Writings of Thomas Martin at their Court House in Canrobert Street, Newstead, on Friday and Saturday, 6th-7th August, at 8 pm. Stephen Walter and Mark Garner will present this work, which is a personal reminiscence of the early days of Newstead, with musical accompaniment by local harpist, Andy Rigby. Tickets, which include refreshments, are $6 and bookings are essential as seating is limited. Contact Dawn Angliss on 54 76 2006 for bookings for what promises to be a fascinating evening.

The Champion of the Seas, by Rod Fraser. Did your ancestors come out on the Champion of the Seas? If so, this new book will be of great interest. This ship carried 5,300 emigrants from Liverpool to Melbourne in the mid 1800s. All passengers on its 15 voyages are listed, as are several crews and Log Book details, as well as personal diary records of four passengers, including Peter Johns, founder of the well-known firm Johns and Waygood. This book of 320 pages has a full colour cover showing the famous clipper in full sail. Available from Pilgrim Printing Services Pty. Ltd., PO Box 1245, Glen Waverley, Vic. 3150, at a cost of $38.00, posted within Australia, or from selected bookshops, rrp $29.95.

Scottish Marriage Index. The Anglo-Scottish Family History Society is a branch of the Manchester and Lancashire Family History Society, Clayton House, 59 Piccadilly, Manchester, M1 2AQ, U.K., and they have undertaken a project to create the Scottish Marriage Index. This is a unique database in which family historians from all over the world have contributed details of Scots-born people in their family tree who have married. By sending in information of date and place of birth, date of marriage and the names of the couple’s parents, plus their own name and address, they have helped to create a database which should be of immense value to people seeking Scottish ancestors. By using the marriage as the basis, then four names of interest are produced from each marriage, in most cases.

Details required for the Marriage Index are – Name, Date of Birth, Place of Birth, Father, Mother, Spouse, Marriage Date, Marriage Place.

If you wish to consult the Index, you will be sent a printout of all occurrences of that name on the database along with the details of the contributor. Send a SAE or 2 IRCs and a sterling cheque for £2 for each surname. If no match is made, the cheque will be returned in the SAE.

Send your information, or request, to Dan Muir, 68 Kermoor Avenue, Bolton, BL1 7HN, Lancashire, U.K. or e-mail [email protected]

A.I.G.S. Open Day. The Australian Institute of Genealogical Studies will hold a Family History Open Day on Saturday, 23rd October, 1999, from 10 am to 4 pm, at the World Vision Centre, 1 Vision Drive, Burwood East (Melway 62 D8). Admission will be Single $7.00 and Family $12.00, and light refreshments will be available. Help will be available for family researchers on almost every aspect of family history – from newspapers to CD-ROMs, convicts to police, indexes to computers, beginners to publishing, shipping, cemeteries, photos, BDMs, and much, much more.

Court House open during Wattle Festival. Visitors to the forthcoming Maryborough Wattle Festival (27th August – 5th September) should note that the Avoca Court House Family History Resource Centre will be open to researchers on the Tuesday afternoon, 31st August, from 12 noon to 4 pm, as well as the usual Sunday opening hours of 10 am to 4 pm.

Family History enquiries on U.K. television. Entry is free and should be no more than 40 words, including address. Write to Family Tree (SK/TT), P.O. Box 116, Swindon, Wilts., SN3 6AZ. Messages are beamed via television’s Sky Text to the U.K. and to Europe. (From the CQ Genie-ologist, March, 1998)

Cairns and District Pioneer Register to 1940 is being compiled. If you or your ancestor lived between Cardwell and the cape or west to Normanton, send a SSAE to Pioneer Register Committee, C&DFHS, P.O. Box 5069, Cairns, Qld. 4870, and forms will be sent to you. (From the CQ Genie-ologist, March, 1998)

Vale – Reginald Thomas Mills, who died at Avoca on 3rd July, 1999, was born on 13th July, 1907, at Avoca, the eldest son of Henry and Sara (May) Mills, of Natte Yallock. His siblings were Vera (Mrs. Jack Benjamin), Harry, Dulce (Mrs. Joe Crothers) and Daphne (Mrs. Bill Flett).

Reg. was educated at the Natte Yallock Primary School, with a final year at Wesley College, after which he worked on the family farm. When he married Minnie Crothers at the Natte Yallock Methodist Church on the 9th May, 1934, he worked the farm in his own right.

In his youth, Reg. was a fine sportsman, with cricket being his great love and he played country week cricket in Melbourne. He also was a keen tennis player at Natte Yallock. In later years, he followed the fortunes of the Australian Test team and the Melbourne football club.

Reg. was a committed Christian. He taught Sunday School at Moyreisk prior to his marriage, and was Superintendent at the Natte Yallock Methodist Sunday School until the 1950s. He was also a lay preacher in the Avoca Methodist Circuit in the 1930s and 40s. His community interests included being on the Natte Yallock school committee, a member of the Fire Brigade, and a member of the Cemetery Trust for 45 years.

Gardening was another of his interests and he won prizes at shows and church fairs for his flowers and vegetables. Poultry was another speciality, running up to 1,000 birds at one time. He was also noted for his Merino flock and shorthorn cattle. Reg. practiced Land Care 40 years before it was even thought of, planting trees for shelter belts, fencing land into soil types, and reclaiming soil erosion caused by poor farming practice.

After moving to the Avoca Bush Nursing Hostel in 1995, Reg. maintained an interest in the family farm and enjoyed his visits there. He remained a farmer to the end – only the day before he died, he asked son Graeme if he was feeding the cattle, knowing that in the cold weather, the cattle need extra hay to keep them in good condition.

Reg. died just ten days before his 92nd birthday. He is survived by son Graeme and his wife, Lily, and grandchildren Alan and Isobel, and their families. Alan’s family is the seventh generation of Mills to have farmed the land at Natte Yallock, a fact Reg. was very proud of.

The Society expresses its deepest sympathy to Graeme and Lily, Alan and Isobel and their families on their loss of a wonderful father, grandfather and great-grandfather. Your Editor also wishes to thank Graeme for his assistance with this story of Reg’s life.

Some Snippets from the Past

Extract from The Avoca Free Press, 12th June, 1895 –

LAMPLOUGH FOOTBALL TEAM. A friendly and enjoyable football match was played at Lamplough on Saturday, between the Lamplough and Percydale clubs. P. Donoghue captained the visitors and J. Zuchetti the local team. The game, which was very fast, resulted in a win for Percydale, who kicked 8 goals 5 behinds to 4 behinds. It would be hardly fair to single out any players as each and every one played his best on both sides. Mr. R. Rutherford umpired and gave every satisfaction. After the match, light refreshments were provided for the visitors. Three cheers given for both sides brought a most enjoyable match and afternoon outing to a conclusion.”

Extract from The Avoca Mail and Pyrenees District Advertiser, 23rd June, 1916 –

“A sale of Crown lands will be conducted at the Avoca Court House on the 28th inst. by Mr. A. F. Paten, auctioneer, and on the 29th Messrs. Young Bros. will conduct a similar sale at the Ararat Court House. Particulars will be found in advertisements.”

Extract from The Avoca Mail and Pyrenees District Advertiser, 3rd June, 1916 –

“WEDDING BELLS – BURGE -HAYNES. A pretty wedding was celebrated at Christ Church, St. Arnaud, on Wednesday, April 19th [1916], by the Rev. F. Boyling, when May, second daughter of Mr. and Mrs. Haynes, of Waverly, injallok, was married to Leslie Thomas, second son of Mr. and Mrs. T. W. Burge of Dalenong, Redbank. The bride, who was given away by her father, wore a very becoming gown of ivory silk, trimmed with pearls and Malines lace tulle veil was caught to the hair with clusters of orange blossom. She carried a shower bouquet of white roses and maiden hair fern, and wore the bridegroom’s gift (a pearl and ruby brooch). The bride’s gift to the bridegroom was a pair of gold initialled sleeve links. Mr. Dave Haynes acted as best man, and Mr. Jack Burge as groomsman. Miss Cissie Haynes and Miss Evelyn Burge were in attendance as bridesmaids, and wore ivory silk costumes and mob caps, and carried bouquets of white dahlias and shasta daisies. After the ceremony, the wedding party motored to the Town Hall Hotel where breakfast was served in Mrs. Western’s usual capable manner. The usual toasts were honoured and some happy speeches made. Later in the afternoon the happy pair left by train for Ballarat for the honeymoon. The bride wore a travelling dress of navy cloth and a pretty hat of black panne relieved with a touch of tango. A number of costly presents and cheques were received.”

Extract from The Avoca Mail and Pyrenees District Advertiser, 23rd June, 1916 –

“The many friends of Mr. and Mrs. W. Brereton will regret to learn of the death of their youngest daughter, Nellie May, which occurred early yesterday morning. The little girl, who was eight years of age, contracted a cold about a fortnight ago, and pneumonia supervening she gradually sank and passed away as above stated, despite the unremitting care and attention of her medical attendant and parents. The funeral took place this afternoon, when the remains were interred in the Avoca Cemetery. The burial service was conducted by the Vicar, the Rev. Chas. Reed, and Mr. Classen carried out the funeral arrangements. The coffin, which was white, was covered by pretty floral offerings sent by kind friends, especially one from schoolmates, composed of white chrysanthemums and violets.”

Extracts from The Avoca Free Press and Farmers’ and Miners’ Journal, 10th February, 1906

“At a sitting of the Maryborough Licensing Court on Tuesday, Mr. Leader granted the following applications for transfers :- Avoca Hotel, Avoca, Mrs. Gregory to Mr. E. S. Watts Carisbrook hotel, Carisbrook, Mrs. McNamara to Mr. J. White Imperial hotel, Bowenvale, Mary Breen to Jane Breen. Mr. Herring appeared in support of each application.”

“The many friends of Mrs. Stuart, of Moonambel, will regret to learn that that lady is seriously ill caused by the effects of a fall down a cellar some few weeks back. Mrs. Stuart is under Dr. Cunningham’s treatment, and we join with her friends in the hope that she will soon recover from her indisposition.”