30 de novembro de 1943

30 de novembro de 1943

30 de novembro de 1943

Novembro

1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930
> Dezembro

Guerra no ar

Oitava missão de bombardeiro pesado da Força Aérea No. 143: 378 aeronaves e três pioneiros enviados para atacar áreas industriais em Solingen. Apenas 78 atacam seus alvos. Três aeronaves estão perdidas.



Europa Central e Balcãs, 1940–41

A resistência contínua dos britânicos fez com que Hitler mudasse mais uma vez seu cronograma. Seu grande projeto para uma campanha contra a URSS havia sido originalmente agendado para começar por volta de 1943 - época em que ele deveria ter assegurado a posição alemã no resto do continente europeu por uma série de campanhas "localizadas" e ter chegado a algum tipo de compromisso com a Grã-Bretanha. Mas em julho de 1940, vendo a Grã-Bretanha ainda invicta e os Estados Unidos cada vez mais hostis à Alemanha, ele decidiu que a conquista da parte europeia da União Soviética deveria ser realizada em maio de 1941, a fim de demonstrar a invencibilidade da Alemanha para a Grã-Bretanha e para dissuadir os Estados Unidos de intervir na Europa (porque a eliminação da URSS fortaleceria a posição japonesa no Extremo Oriente e no Pacífico). Os acontecimentos no intervalo, porém, o fariam mudar de plano mais uma vez.

Enquanto a invasão da URSS estava sendo preparada, Hitler estava muito preocupado em estender a influência alemã por toda a Eslováquia e Hungria até a Romênia, os campos de petróleo que ele estava ansioso para proteger contra um ataque soviético e cuja força de trabalho militar poderia se juntar às forças da coalizão alemã. Em maio de 1940, ele obteve um pacto de petróleo e armas da Romênia, mas, quando a Romênia, depois de ser forçada por um ultimato soviético em junho a ceder a Bessarábia e a Bucovina do norte à URSS, solicitou uma missão militar alemã e uma garantia alemã de suas fronteiras restantes, Hitler recusou-se a obedecer até que as reivindicações de outros estados contra a Romênia fossem atendidas. A Romênia foi obrigada a ceder o sul de Dobruja para a Bulgária em 21 de agosto (um ato que foi formalizado no Tratado de Craiova em 7 de setembro), mas suas negociações com a Hungria sobre a Transilvânia foram interrompidas em 23 de agosto. Desde então, se a guerra tivesse estourado entre a Romênia e a Hungria, a URSS poderia ter intervindo e ganhado o controle dos poços de petróleo, Hitler decidiu arbitrar imediatamente: pela Sentença de Viena de 30 de agosto, a Alemanha e a Itália atribuíram o norte da Transilvânia, incluindo o distrito de Szekler, à Hungria, e a Alemanha então garantiu o que foi deixado da Romênia. Diante do clamor dos nacionalistas romenos contra esses procedimentos, o rei Carol II transferiu seus poderes ditatoriais para o general Ion Antonescu em 4 de setembro de 1940 e abdicou de sua coroa em favor de seu filho Michael, dois dias depois. Antonescu já havia repetido o pedido de uma missão militar alemã, que chegou a Bucareste em 12 de outubro.

Embora Hitler tivesse informado o ministro das Relações Exteriores italiano, Galeazzo Ciano, de sua intenção de enviar uma missão militar à Romênia, Ciano não avisou Mussolini. Assim, uma vez que as ambições deste último nos Bálcãs foram continuamente restringidas por Hitler, particularmente no que diz respeito à Iugoslávia, a notícia repentina da missão o incomodou. Em 28 de outubro de 1940, portanto, tendo dado a Hitler apenas as dicas mais básicas de seu projeto, Mussolini lançou sete divisões italianas (155.000 homens) da Albânia em uma guerra separada contra a Grécia.

O resultado foi exasperante para Hitler. As forças de seu aliado não foram apenas detidas pelos gregos, a algumas milhas além da fronteira, em 8 de novembro de 1940, mas também foram rechaçadas pela contra-ofensiva do general Alexandros Papagos em 14 de novembro, que colocaria os gregos na posse de um -terceiro da Albânia em meados de dezembro. Além disso, as tropas britânicas desembarcaram em Creta e alguns aviões britânicos foram enviados para bases perto de Atenas, de onde poderiam ter atacado os campos de petróleo romenos. Por último, o sucesso dos gregos fez com que a Iugoslávia e a Bulgária, até então atentas às propostas das potências do Eixo, voltassem a uma política estritamente neutra.

Antecipando o apelo de Mussolini por ajuda alemã em sua guerra "separada" ou "paralela", Hitler em novembro de 1940 atraiu Hungria, Romênia e Eslováquia sucessivamente para o Eixo, ou Tripartite, Pacto que Alemanha, Itália e Japão haviam concluído em 27 de setembro (Veja abaixo Política japonesa, 1939-1941) e ele também obteve o consentimento da Romênia para a reunião de tropas alemãs no sul da Romênia para um ataque à Grécia através da Bulgária. A Hungria consentiu com o trânsito dessas tropas através de seu território, para que a Romênia não tomasse o lugar da Hungria em favor da Alemanha e, assim, fosse assegurada a posse das terras da Transilvânia deixadas a ela pelo Prêmio de Viena. A Bulgária, porém, por temor da reação soviética, de um lado, e da Turquia, do outro (a Turquia reunira 28 divisões na Trácia quando a Itália atacou a Grécia), adiou sua adesão ao Eixo até 1º de março de 1941. Somente depois disso , em 18 de março, o regente iugoslavo, Príncipe Paulo, e seus ministros Dragiša Cvetković e Aleksandar Cincar-Marković concordaram com a adesão da Iugoslávia ao Eixo.

Enquanto isso, o 12º Exército alemão cruzou o Danúbio da Romênia para a Bulgária em 2 de março de 1941. Consequentemente, de acordo com um acordo Greco-britânico de 21 de fevereiro, uma força expedicionária britânica de 58.000 homens do Egito desembarcou na Grécia em 7 de março, para ocupar a linha Olympus – Vermion. Então, em 27 de março de 1941, dois dias após a assinatura do governo iugoslavo, em Viena, de sua adesão ao Pacto do Eixo, um grupo de oficiais do Exército Iugoslavo, liderado pelo General Dušan Simović, executou um golpe de estado em Belgrado, derrubando a regência em favor do rei Pedro II, de 17 anos, e a reversão da política do governo anterior.

Quase simultaneamente com o golpe de Estado de Belgrado, a batalha decisiva do Cabo Matapan ocorreu entre as frotas britânica e italiana no Mediterrâneo, ao largo do continente do Peloponeso a noroeste de Creta. Até então, as hostilidades navais ítalo-britânicas na área do Mediterrâneo desde junho de 1940 haviam compreendido apenas uma ação digna de nota: o naufrágio em novembro na base naval italiana de Taranto de três navios de guerra de aviões do porta-aviões britânico Ilustre. Em março de 1941, no entanto, algumas forças navais italianas, incluindo o encouraçado Vittorio Veneto, com vários cruzadores e destróieres, começou a ameaçar os comboios britânicos para a Grécia e as forças britânicas, incluindo os navios de guerra Warspite, Valente, e Barham e o porta-aviões Formidável, da mesma forma com cruzadores e destróieres, foram enviados para interceptá-los. Quando as forças se encontraram na manhã de 28 de março, ao largo do Cabo Matapan, o Vittorio Veneto abriu fogo contra os navios britânicos mais leves, mas logo estava tentando escapar do confronto, por medo do torpedeiro do Formidável. A batalha então se tornou uma perseguição, que durou até tarde da noite. Finalmente, embora o gravemente danificado Vittorio Veneto para escapar, os britânicos afundaram três cruzadores italianos e dois contratorpedeiros. A Marinha italiana não fez mais aventuras de superfície no Mediterrâneo oriental.

O ataque alemão à Grécia, programado para 1º de abril de 1941, foi adiado por alguns dias quando Hitler, por causa do golpe de Estado em Belgrado, decidiu que a Iugoslávia deveria ser destruída ao mesmo tempo. Enquanto os esforços da Grã-Bretanha para atrair a Iugoslávia para o sistema defensivo greco-britânico foram infrutíferos, a Alemanha começou a atrair aliados para a invasão planejada da Iugoslávia e da Grécia. A Itália concordou em colaborar no ataque, e a Hungria e a Bulgária concordaram em enviar tropas para ocupar os territórios que cobiçavam assim que os alemães devessem ter destruído o estado iugoslavo.

Em 6 de abril de 1941, os alemães, com 24 divisões e 1.200 tanques, invadiram a Iugoslávia (que tinha 32 divisões) e a Grécia (que tinha 15 divisões). As operações foram conduzidas da mesma forma que as campanhas de blitzkrieg anteriores da Alemanha. Enquanto os ataques aéreos massivos atingiram Belgrado, o 12º Exército de List dirigiu para o oeste e para o sul das fronteiras da Bulgária, o grupo blindado de Kleist para o noroeste de Sofia e o 2º Exército de Weichs ao sul da Áustria e da Hungria ocidental. O avanço do 12º Exército através de Skopje para a fronteira albanesa cortou as comunicações entre a Iugoslávia e a Grécia em dois dias Niš caiu para Kleist em 9 de abril, Zagreb para Weichs em 10 de abril e em 11 de abril o 2º Exército italiano (compreendendo 15 divisões) avançou da Ístria para Dalmácia. Após a queda de Belgrado para as forças alemãs das bases na Romênia (12 de abril), o remanescente do Exército Iugoslavo - cuja única ofensiva, no norte da Albânia, havia entrado em colapso - foi cercado na Bósnia. Sua capitulação foi assinada, em Belgrado, no dia 17 de abril.

Enquanto isso, na Grécia, os alemães tomaram Salônica (Thessaloníki) em 9 de abril de 1941 e, em seguida, iniciaram uma viagem em direção a Ioánnina (Yannina), cortando assim a comunicação entre o grosso do Exército grego (que estava na fronteira com a Albânia) e sua retaguarda . O corpo principal isolado capitulou em 20 de abril, o Exército grego como um todo em 22 de abril. Dois dias depois, a passagem das Termópilas, defendida por uma retaguarda britânica, foi tomada pelos alemães, que entraram em Atenas em 27 de abril. Toda a Grécia continental e todas as ilhas gregas do mar Egeu, exceto Creta, estavam sob ocupação alemã em 11 de maio, e as ilhas jônicas sob ocupação italiana. O restante da força britânica de 50.000 homens na Grécia foi evacuado às pressas com grande dificuldade depois de deixar todos os seus tanques e outros equipamentos pesados ​​para trás.

A campanha contra a Iugoslávia trouxe 340.000 soldados do Exército Iugoslavo para o cativeiro como prisioneiros de guerra alemães. Na campanha contra a Grécia, os alemães fizeram 220.000 prisioneiros de guerra gregos e 20.000 britânicos ou da Comunidade Britânica. As perdas alemãs combinadas nas campanhas dos Bálcãs foram de cerca de 2.500 mortos, 6.000 feridos e 3.000 desaparecidos.

As tropas aerotransportadas alemãs começaram a pousar em Creta em 20 de maio de 1941, em Máleme, na área de Canea-Suda, em Réthimnon e em Iráklion. Os combates, em terra e no mar, com pesadas perdas de ambos os lados, duraram uma semana antes que o comandante-em-chefe dos Aliados, General Bernard Cyril Freyberg, da Força Expedicionária da Nova Zelândia, fosse autorizado a evacuar a ilha. Os últimos defensores foram derrotados em Réthimnon em 31 de maio. Os prisioneiros de guerra feitos pelos alemães em Creta somavam mais de 15.000 soldados britânicos ou da Commonwealth, além dos gregos tomados. Em batalhas ao redor da ilha, ataques aéreos alemães afundaram três cruzadores leves e seis destróieres da frota mediterrânea britânica e danificaram três navios de guerra, um porta-aviões, seis cruzadores leves e cinco destróieres.

Tanto o governo real iugoslavo quanto o grego foram para o exílio após o colapso de seus exércitos. Os poderes do Eixo foram deixados para se dispor como fariam de suas conquistas. A Iugoslávia foi completamente dissolvida: a Croácia, cuja independência foi proclamada em 10 de abril de 1941, foi expandida para formar a Grande Croácia, que incluía Srem (Syrmia, a zona entre o Sava e o Danúbio ao sul da confluência de Drava) e a Bósnia e Herzegóvina a maior parte da Dalmácia foi anexada à Itália, Montenegro foi restaurada à independência Iugoslávia A Macedônia foi dividida entre a Bulgária e a Albânia. A Eslovênia foi dividida entre a Itália e a Alemanha, o triângulo Baranya e o Bačka foram para a Hungria, o Banat e a Sérvia foram colocados sob administração militar alemã. Dos estados independentes, Grande Croácia, governada pelo nacionalista Ustaše ("Insurgentes") de Ante Pavelić, e Montenegro eram esferas de influência italiana, embora as tropas alemãs ainda ocupassem a parte oriental da Grande Croácia. Um governo fantoche da Sérvia foi estabelecido pelos alemães em agosto de 1941.

Enquanto as tropas búlgaras ocuparam a Macedônia oriental e a maior parte da Trácia ocidental, o resto da Grécia continental, teoricamente sujeito a um governo fantoche em Atenas, foi militarmente ocupado pelos italianos, exceto em três zonas, a saber, o distrito de Atenas, o distrito de Salônica e o de Dimotika faixa da Trácia, que os conquistadores alemães reservaram para si próprios. Os alemães também permaneceram ocupando Lesbos, Chios, Samos, Melos e Creta.


O Diário do Sgt. Bernard Clark RAFVR 30 de novembro a 10 de dezembro de 1943

Sgt. Bernard (Bunny) Clark 1943. Ele tinha 35 anos quando foi voluntário para a RAF e foi apelidado de 'avô' por seus companheiros de tripulação. Ele se perdeu em combate em janeiro de 1944, quando voltava de uma missão de bombardeio em Berlim.

Pedidos para embalar e estar prontos para partir às 16h. Todo mundo se preocupa com a mudança à noite, especialmente porque conhecemos as condições que existem onde qualquer sargento tem que se apresentar após o horário normal de trabalho, ninguém quer você, ninguém se importa, é cada um por si. Às 16h30, após um chá muito apressado, subimos a bordo de um caminhão comum da RAF com destino a Skellingthorpe, esquadrão nº 61.

A motorista do WAAF MT nos informa que não queria o trabalho porque ela tinha um encontro em Lincoln, então é melhor esperarmos e vamos embora. Por Deus nós fomos! Pendurado de um lado a outro do caminhão, Bob disparou um pouco e sentou-se na frente com o WAAF.
Nós nos reportamos à sala da guarda por volta das 17h. Assim como imaginamos, ninguém nos esperava ou fazia ideia de que estávamos a caminho. Bob e Allan foram ao refeitório do oficial para tentar a sorte e realmente descobrir se o oficial ordenado estava disponível, mas em vez disso eles tiveram a sorte do Líder de Esquadrão Moss, na verdade nosso comandante, no momento ele estava muito decente e tinha alguns minutos de sobra (ops tinham sido esfregados) ele nos consertou com boletos etc de volta para o velho nissen!
Os meninos Phil, Loyd e Bill foram ao show da ENSA, Alan e eu fizemos a jornada de 2 milhas até a cabine telefônica mais próxima para dar a conhecer nossos respectivos Ball and Chains! É claro que Audry ficou feliz em me ouvir mais uma vez, ou pelo menos parecia estar.
Então, de volta à bagunça do sargento para mim, e da bagunça do oficial para Alan. Depois de um jantar razoável, voltamos pelo local 3 através da floresta e por um campo até nosso local 4. Tive uma conversa interessante com um ou dois dos internos, todos membros do Esquadrão 61 e assim para a cama.
1 de dezembro
Tomamos café da manhã e conhecemos Bob, Alan e Frank, todos caminharam até os voos de 61 Sqdn e se registraram OK. Eu me reportei aos sinais e conheci todos os meninos e o oficial de sinais F / lt Newbound, um australiano bastante entusiasmado, infelizmente ele foi enviado para partir na sexta-feira. Depois do almoço, todos nós tivemos uma entrevista com o líder do esquadrão Moss (nosso comandante de ala está de licença), ele nos deu uma conversa animada e genial e uma descrição interessante para o que esperar durante as operações.
Frank e eu entramos em Lincoln e vimos as fotos "5 Graves to Cairo" e, claro, tivemos que chamar um dos locais para uma saída noturna ímpar !!
2 de dezembro
Reportando-se aos sinais às 0930, saímos para um dos aviões e fizemos um DI que tinha um monte de novas gerações interessantes. Depois do almoço, todos nós (a tripulação) pegamos o ônibus do acampamento para Waddington (estação principal) para visitar contas de pagamento etc. chegando de volta a Skelly para o chá.
Jogamos cartas no boleto, Loyd, Bill, Phil e eu e diabos eu peguei um resfriado !!
Não consegui fazer nada direito, mesmo assim consegui ficar até a hora do jantar sem ficar muito endividado. Tomei um banho bem primitivo depois do jantar, na verdade eu estava quase tão suja na hora que consegui me vestir por causa das camadas de lama no chão do banheiro!
Terminamos a noite com um jogo de tênis de mesa e sinuca. Todos os meninos estavam fora - Berlim! Quase ninguém na bagunça.
3 de dezembro
Relatado às 09h30 novamente, fiz uma DI no M para Mike, M tinha estado em Berlim, mas estava em boa forma (sem falhas). Troquei minhas botas voadoras por um novo tipo, ideia muito boa (novas botas, quero dizer). Relatado para a seção após o almoço, teve um bom trabalho ao ler todas as ordens de pagamento. Vejo que eles me contrataram para o exercício em grupo amanhã bem cedo, Phil estava na lista de operações com outra tripulação, mas o avião estava u / s. Bill foi destacado como F / E stand by, Bob preparou sua segunda viagem complicada e Alan teve que praticar o plano de vôo como se estivesse fazendo a viagem. Frank e Loyd desapareceram na cidade, então passei a maior parte da noite tentando acender nosso fogão com lenha molhada, que trabalho !! Jantou e foi para a cama, meninos prontos para partir tarde.
4 de dezembro
Todos os meninos ainda pousando às 8h de Leipzig. Bob voltou ok fez uma viagem e tanto. Meu relógio me deixou abaixar em vez de levantar 7,15, eu não comecei antes das 8h, tive que relatar os sinais por volta das 8h20 para o exercício de grupo W / T. Inferno de uma manhã fria, muita geada. Felizmente, consegui uma carona para os flts.
Não me saí muito bem no exercício - muito frio e muita gente falando e interferindo, fiz a DI usual depois no E for Easy, almocei e peguei minha roupa lavada, voltando para os voos às 14h. Todos nos preparamos para a decolagem de cross-country das 8h45 às 6h45, conseguimos tirar sanduíches da bagunça e todos enchemos nossos frascos.
Depois de esperar a noite toda e finalmente chegar ao avião, o exercício foi resolvido. Aeronave u / s, e o tempo fechando muito rápido. Todos nós nos sentamos na sala da tripulação e comemos a comida, depois do chá, e apreciamos a conversa de Bobs sobre sua experiência em Leipzig. Conseguimos chegar a 1030.
5 de dezembro
Outra manhã gelada e branca e alguma neblina. Levei as botas para conserto e fiz uma DI no E para facilitar novamente. Descemos para almoçar cedo porque íamos voar primeiro depois do almoço.
A névoa se abateu novamente, de modo que o vôo foi destruído. Gastou boas 2 horas adquirindo lotes de geração nova. Todos tomamos chá, então Bill e eu caminhamos até o telefone em Swanpool, conversamos com Audrey ok, e tivemos uma conversa e tanto por 4-5 minutos, então voltamos ao nosso refrão de boleto quando entramos - onde diabos você esteve ? Bob Alan Loyd e Phil jogando bridge e esperando que Bill e eu joguemos Poker! Lá se vai meu último meio financeiro que quase sempre perco. Afinal, não jogamos, o jogo de bridge foi emocionante demais para eles irem embora, ancorado por volta das 10h30.
6 de dezembro
O Ajudante de inspeção de touro real e o Líder de Esquadrão Moss vieram às 9h da manhã, tudo bem. Muito nebuloso (para) voar.
Novamente, o DI usual a broca de bote completa com Mae West e arnês em W para William. Caminhamos até a bagunça para o almoço, uma reunião bagunçada muito tempestuosa às 13h15 devido à comida ruim e às condições gerais na bagunça e no refeitório.
De volta ao vôo para o grupo de discussão geral sobre o tópico - O bombardeio vencerá a guerra? Algumas ideias brilhantes apresentadas e um bom show. Voltei para a bagunça e cortei o cabelo no barbeiro do acampamento - um trabalho muito bom para uma mudança. Tomei chá com Bill, todos os outros trocaram rapidamente e entraram em Lincoln (ainda muito nebuloso). Bill e eu passamos a noite no boleto com uma boa fogueira e um bom livro.
7 de dezembro
Levantei no horário usual 7h30, o café da manhã melhorou (após a reunião da bagunça) fiz o DI usual e depois palestra para todos nós. Depois do almoço muito nebuloso para voar novamente e tive uma breve palestra sobre RDF, então conheci Alan, Frank e Bob, pegamos o ônibus do acampamento para a cidade. Fiz algumas compras, não muito nas lojas, embora milhares de pessoas por perto. Fomos ao Boots para o chá, entraram Loyd e depois Bill, então todos comemos rissoles e batatas fritas, pão de coelho galês, chá com manteiga e tortas de carne moída. Fomos todos ver o bom e velho filme 'The Four Feathers' ainda muito gostoso, todos tomamos um ou dois drinques depois antes de pegar o ônibus às 22h. Que luta muitos caras deixaram para trás para andar 5,5 milhas. E então para a cama às 23h.
8 de dezembro
Ainda muito grosso para voar fez o DI usual, nada fazendo uma broca de barco com nossas roupas completas. Depois do almoço, outra palestra e descido para o chá às 16h30. Bob e Alan vieram e jogamos pôquer e, dessa vez, ganhei 5/8 pence para ser exato. Cama por volta das 10h30. Phil fez algumas armadilhas e as colocou na madeira atrás da cabana.
9 de dezembro
Phil e eu levantamos um pouco antes para dar uma olhada nas armadilhas, mas sem sorte. Nevoeiro não é tão ruim, perspectivas de voar! Fiz o DI de costume, depois fiz uma pintura na sala do capacete.
Ha dlunch e voltei para a seção pronto para voar, todos vestidos com Mae West, arnês, botas etc. Artilheiros em seus trajes elétricos, e no ônibus prontos para sair para a aeronave. O Met enviou uma mensagem urgente cancelando a viagem, pois o nevoeiro estava se aproximando muito rápido, então voltamos xingando o tempo etc. Tirei uma foto de toda a tripulação, mas a câmera travou, espero que possamos fazer ok. Chá por volta das 17h, então Bob e Alan vieram para jogar pôquer e xadrez. Na verdade, ganhei 3/8 pence - maravilhas nunca vão parar.
Fui jantar cerca de 21h, cachorros e pão! E de volta para a cama às 10h30.
10 de dezembro
Levantei no horário usual D. Eu m.w com Phil e Frank, Palestras depois do almoço mudaram e fomos para Lincoln com Frank (depois do chá) fomos ao cinema 'china' (não muito ruim). Peguei um ou dois e peguei o ônibus de volta ao acampamento às 22h. Phil, Bob e Loyd jogaram cartas a noite toda e foram para a cama.
(nota do editor) a ser continuado 'Diário do Sgt Bernard Clark RAFVR 11 de dezembro-20 de dezembro'
ID da história A2736173

© Os direitos autorais do conteúdo contribuído para este arquivo pertencem ao autor. Descubra como você pode usar isso.


30 de novembro de 1943 - História

Meu endereço do Gmail é: wwonhoops

_______________________________________

Bom Dia,
Meu nome é Volker Dederichs e moro em W rselen!
Estou em contato com os descendentes de PFC Allison R. Jackson,
e eu tenho seu último caminho reconstruído em W rselen.

Em W rselen - Teuterhof é uma cruz memorial para todos os soldados que caíram em W rselen!

Há ao lado de um soldado alemão, PFC Allison Jackson para ver!

Ele está lá, deputado pelos mortos americanos!

Imagens em anexo e artigo de jornal alemão.

Anexei seu DD 214. Como você pode notar, ele não foi creditado por ter participado da Batalha das Ardenas (Batalha do Bulge). Isso porque ele estava em um hospital (em Paris, eu acho) na época, se recuperando de um caso grave de psoríase. Ele nasceu com essa doença de pele e sabe-se que ela piora quando está sob estresse. Ele disse que sua pele estava ferida da cabeça aos pés antes de pedir para checar. Ele não voltou até o fim da batalha. Eu não tenho certeza exatamente o que

Foi só depois que ele morreu que encontrei as fotos que anexei a este e-mail. Nunca cheguei a perguntar a ele quem está nas fotos com ele. Também anexei seu obituário. Se houver alguma maneira de colocá-los no site e perguntar se alguém sabe quem eles são, eu gostaria muito de fazer isso. Se não, não há problema.
Muito obrigado por tudo que você faz.


Lembrando PT-109

John F. Kennedy & # 8212eleito há 50 anos este mês & # 8212 pode não ter sido o mais fotografado dos presidentes da América & # 8217s, mas, como Abraham Lincoln, a câmera o amou. Seus cabelos invejáveis ​​e seu sorriso largo, além de sua esposa chique e dois filhos adoráveis, transformaram fotojornalistas sérios em deslumbrados paparazzi.

Desta História

Tão encantados quanto milhões de americanos jovens e mais velhos ficaram com o carisma de Kennedy, havia tantos observadores que estavam inflexivelmente em nada disso, o ex-governador de Nova York e duas vezes candidato presidencial republicano Thomas Dewey, sendo um deles . (Paul Schutzer / TIME & amp LIFE Fotos) Durante um discurso perante a Associação Ministerial da Grande Houston, Kennedy disse ao público em grande parte cético: "Não sou o candidato católico a presidente. Sou o candidato do Partido Democrata a presidente, que também é católico". (Paul Schutzer / TIME & amp LIFE Fotos) Kennedy on the stump, outubro de 1960. (Paul Schutzer / TIME & amp LIFE Pictures)

Galeria de fotos

Vídeo: Kennedy para presidente

Um dos retratos mais convincentes de Kennedy o mostra como um jovem oficial da Marinha, apoiado em uma bengala. (Hugh Talman / Divisão de História Política / NMAH, SI (doado por Theodore M. Robinson) John F. Kennedy, com cana no Pacífico, 1943, mais tarde minimizaria seu papel no PT-109: "Foi involuntário", ele brincou. "Eles afundaram meu barco." (Ted Robinson)

Galeria de fotos

Conteúdo Relacionado

Um dos retratos mais convincentes de Kennedy o mostra como um jovem oficial da Marinha, apoiado em uma bengala, seu sorriso não dando nenhuma indicação de que ele estava se recuperando de ferimentos graves sofridos durante uma provação quase fatal no mar. O colega oficial que tirou a foto, Ted Robinson, recentemente doou uma rara impressão original da imagem & # 8212, bem como a cana de pau-ferro que ele emprestou ao futuro presidente durante sua recuperação nas Ilhas Salomão & # 8212, para o Museu Nacional de História Americana.

De acordo com o relatório oficial da Marinha, escrito logo após o evento pelo tenente j.g. Byron White (o futuro juiz da Suprema Corte), 14 barcos PT & # 8212 embarcações de madeira de três motores armadas com duas metralhadoras calibre .50 e torpedos & # 8212 deixaram sua base na Ilha Rendova às 18h30. em 1º de agosto de 1943, com a missão de interceptar navios japoneses no Estreito de Blackett. O grupo se dividiu em quatro esquadrões, com o PT-109 patrulhando perto da Ilha Makuti.

Um dos homens do barco, o alferes George Ross, estava de vigia quando, por volta das 2h30, um contratorpedeiro japonês apareceu repentinamente na proa de estibordo, bateu no 109 e cortou-o ao meio. O combustível derramado incendiou-se na água, fazendo com que as tripulações dos outros barcos PT presumissem que não havia sobreviventes. Dois tripulantes nunca mais foram vistos, mas 11 sobreviventes, todos usando coletes salva-vidas, conseguiram embarcar no que restava do PT-109. Um estava gravemente queimado e não conseguia nadar. O tenente Kennedy, que havia rompido o disco espinhal na colisão, nadou e o rebocou até o barco.

Ao amanhecer, os homens abandonaram o navio que estava afundando. Kennedy decidiu que deveriam nadar até uma ilha de coral & # 8212100 metros de diâmetro com seis palmeiras & # 8212 três milhas e meia de distância. Mais uma vez, Kennedy, que fazia parte da equipe de natação de Harvard, rebocou seu companheiro de tripulação por todo o caminho. O relatório afirma de forma pouco dramática: & # 8220 Às 14h00 [14h], o tenente Kennedy puxou o McMahon gravemente queimado e partiu para terra, com a intenção de liderar o caminho e explorar a ilha. & # 8221

Pelas duas noites seguintes, Kennedy & # 8212 às vezes com Ross, às vezes sozinho & # 8212, nadou da ilha para o estreito com uma lanterna à prova d'água, na esperança de interceptar um torpedeiro americano. Lutando contra ferimentos, exaustão e fortes correntes, ele não viu patrulhas. Em 5 de agosto, Kennedy e Ross nadaram até uma ilha vizinha e encontraram uma canoa, uma caixa de biscoitos de arroz japoneses e água doce. Eles também viram dois ilhéus remando em uma canoa. Quando voltaram para a ilha onde a tripulação esperava, descobriram que os dois nativos haviam pousado e estavam recolhendo cocos para a tripulação. Em exposição na Biblioteca Kennedy em Boston está a casca de coco na qual Kennedy escreveu uma mensagem: & # 8220 Comandante do Nauru Isl / nativo sabe postular / ele pode pilotar / 11 vivo precisa de um pequeno barco / Kennedy. & # 8221

Kennedy pediu aos ilhéus que levassem o coco até a base em Rendova. No dia seguinte, oito nativos apareceram na ilha Kennedy & # 8217s com uma mensagem de um observador da costa australiana & # 8212a vigia postada em outra ilha & # 8212 a quem eles & # 8217d mostraram o coco. Os ilhéus levaram Kennedy de canoa até o batedor Reginald Evans, que transmitiu Rendova pelo rádio. Novamente, nas palavras ponderadas de Byron White: & # 8220Lá foi combinado que os barcos PT se encontrariam com [Kennedy] na passagem de Ferguson naquela noite às 22h30 [10h30]. Assim, foi levado ao ponto de encontro e finalmente conseguiu fazer contato com os PTs às 23h15 [11h15]. Ele subiu a bordo do PT e o encaminhou para o restante dos sobreviventes. & # 8221 O barco que Kennedy subiu a bordo era o PT-157: o Alferes Ted Robinson estava na tripulação.

Robinson, agora com 91 anos e morando em Sacramento, Califórnia, lembra que ele e Kennedy foram, mais tarde, companheiros de tenda nas Ilhas Salomão. & # 8220Seus pés ainda estavam em más condições & # 8221 Robinson diz. & # 8220Então, emprestei a ele uma bengala que & # 8217d recebi de um chefe de aldeia e tirei sua foto. & # 8221

Não muito depois, acrescenta Robinson, os fuzileiros navais foram presos durante uma incursão na Ilha Choiseul, controlada pelos japoneses. & # 8220Eles pousaram na ilha inimiga no meio da noite & # 8221, diz ele. & # 8220Seu oficial comandante comunicou pelo rádio na manhã seguinte que ele e seus homens estavam cercados e fortemente engajados. O comandante que recebeu a mensagem disse que ele & # 8217d os tiraria depois de escurecer. & # 8221 De acordo com Robinson, o fuzileiro naval respondeu: & # 8220Se você não puder vir antes disso, não se preocupe em vir. & # 8221

O comandante pediu um voluntário para fazer uma corrida diurna para salvar os fuzileiros navais. & # 8220Eu não estava & # 8217 lá & # 8221 Robinson me disse, & # 8220 mas se eu & # 8217 estivesse, eu & # 8217d teria me escondido atrás da maior palmeira que pude encontrar. & # 8221 Mas Kennedy se ofereceu. "

Owen Edwards é um escritor freelance e autor do livro Soluções Elegantes.

Sobre Owen Edwards

Owen Edwards é um escritor freelance que escreveu anteriormente a coluna "Objeto em mãos" em Smithsonian revista.


História do NWS em Illinois Central


1 ° de fevereiro de 1865: Uma estação de observação do clima Smithsonian foi estabelecida em Springfield, com George M. Brinkerhoff como observador. De acordo com as observações daquele dia, fazia 40 graus às 7 da manhã, 45 graus às 2 da tarde e 41 graus às 21 da noite, uma garoa constante caiu a maior parte do dia. As observações meteorológicas diárias continuam até agosto de 1870. Essas observações foram feitas no que hoje é o campus da Universidade Beneditina.


9 de fevereiro de 1870: O Congresso dos EUA autorizou o Departamento de Guerra a fazer observações meteorológicas nos principais portos marítimos, atribuindo essa função ao Serviço de Sinalização do Exército. A intenção era fornecer um aviso prévio de sistemas de tempestades que poderiam afetar adversamente os interesses marinhos. Este serviço foi o precursor do NOAA & # 39s National Weather Service. O nome oficial na época era & quotA Divisão de Telegramas e Relatórios para o Benefício do Comércio. & Quot As previsões meteorológicas para o centro de Illinois (e para todo o país) foram fornecidas pelo escritório Signal Service em Washington, DC.

1 ° de julho de 1879: O Serviço de Sinalização do Exército iniciou observações meteorológicas em Springfield, com equipamentos medindo temperatura e precipitação no topo do Edifício Springer na 6th com Monroe Sts. Centro da cidade. Sgt. TB. Jennings foi o primeiro funcionário responsável.

1º de outubro de 1890: O U.S. Weather Bureau foi estabelecido por um ato do Congresso e atribuído ao Departamento de Agricultura. A responsabilidade pelas observações e previsões do Serviço de Sinalização do Exército foi transferida para o Departamento de Meteorologia.

Maio de 1894: O Weather Bureau abriu seu primeiro centro distrital de previsão em Chicago. Além do centro de Illinois, a área de previsão do escritório de Chicago variava dos Grandes Lagos às Montanhas Rochosas.

1898: O Weather Bureau estabeleceu uma rede de estações meteorológicas que mediam dados na atmosfera, usando pipas amarradas para transportar instrumentos no ar. Uma dessas estações de pipa estava localizada em Springfield.

7 de setembro de 1904: As obras foram iniciadas no campus do Bradley Polytechnic Institute (agora Bradley University), para uma estação do Weather Bureau, a ser inaugurada em 1905. A pedra fundamental lançada neste dia incluía uma caixa que continha correspondência relacionada ao escritório de Peoria, publicações de Bradley e 6 Jornais Peoria do dia anterior. O conteúdo desta caixa foi recuperado quando o edifício foi demolido em 1957.

19 de janeiro de 1906: Um telégrafo foi instalado no escritório do Peoria Weather Bureau, para transmitir as observações meteorológicas. At the same time, Weather Bureau headquarters announced that Peoria would become home to one of the first upper-air stations to use weather balloons. However, no evidence exists that indicates this station was installed in Peoria before the 1950's.

November 1, 1906: The Weather Bureau moved its Springfield operations one block east, to the new Weather Bureau building at 7th and Monroe Sts.

September 1918: The Peoria Weather Bureau office hires its first female weather observer, Miss Gladys Catlin.

October 1926: The first telephone reports from the Peoria Weather Bureau office were made to air mail fields in Chicago and Springfield.

November 1, 1928: The Springfield Weather Bureau office moved to the Abe Lincoln Hotel, at 5th and Capitol. The site of the old office is demolished in 1929, in preparation for the construction of the new federal courthouse.

November 1, 1930: The Springfield Weather Bureau office is moved to the new Federal Building at 7th and Monroe Sts.

1931: The Peoria Weather Bureau office begins 24-hour operations.

1935: The Peoria Weather Bureau begins direct radio broadcasts, through the cooperation of radio station WMBD.

November 15, 1935: Another Weather Bureau Airport Station (WBAS) is opened in central Illinois. This one is located in Springfield, at the Southwest Airport (near the current intersection of Chatham Rd. and Westchester Blvd). Hourly weather observations of temperature, wind, pressure, and sky condition are taken.

1936: Weather forecasts for central Illinois continue to originate from the Chicago district office. This office also issued forecasts for all of Illinois, Indiana, Iowa, Michigan, Wisconsin, Minnesota, North and South Dakota, Missouri, Kansas and Nebraska, although the latter 3 states were assigned to a new district office in Kansas City during this year.

November 4, 1937: Precipitation measurements began at the Southwest Airport in Springfield, and the site is designated as a "first-order" station.

June 30, 1940: With the expansion of the aviation industry, the operation of the U.S. Weather Bureau is transferred from the Department of Agriculture to the Department of Commerce.

May 4, 1943: The Weather Bureau operations of the City Office (Bradley campus) in Peoria are merged with the Airport Office.

January 1, 1944: A Weather Bureau Airport Station began joint operation in Effingham with the Civil Aeronautics Administration (CAA), a forerunner of the FAA. The station had previously been under sole operation by the CAA since 1933.

15 de agosto de 1944: The Weather Bureau closes its City Office in Peoria.

September 1944: Radiosonde (upper-air) observations begin at Chanute Field in Rantoul. These observations are taken 4 times a day.

February 1, 1947: Operation of the WBAS at Effingham was transferred back to the CAA.

April 1, 1951: Operations of the CAA (former WBAS) station in Effingham were moved to the Vandalia airport.

December 1952: A facsimile recorder is installed at the Peoria Weather Bureau office.

1953: The Peoria Weather Bureau office's hours of operation are reduced to 8 am to 6 pm daily.

April 30, 1954: The Weather Bureau closes its City Office in Springfield. The airport station carried on the work of the city office, with 6 people to do the work previously requiring 10 people. The climatological duties of the Springfield office are alleviated in 1955, when the state climatologist position is transferred to work from the University of Illinois.

November 13, 1954: Teletype operations are established at the Peoria Weather Bureau office, for transmitting hourly weather conditions, local summaries, and severe weather warnings.

June 1955: Portions of central and western Illinois come under radar coverage for the first time, with the installation of the WSR-1 radar at Lambert Field in St. Louis, MO.

October 1, 1959: The Peoria Weather Bureau office moves to the new Administration Building, 2300 feet west-northwest of the old office.

July 1960: Radar coverage in central and western Illinois is improved with the new WSR-57 radar in St. Louis.

July 13, 1965: The Weather Bureau becomes part of the new Environmental Science Services Administration (ESSA) within the Department of Commerce.

December 14, 1966: The Weather Bureau office in Springfield discontinues its pilot balloon (pibal) observation program.

1967: The ESSA begins to internally refer to the Weather Bureau as the "National Weather Service", but externally the organization is still largely called the Weather Bureau. The district forecast offices were reorganized and divided into State Forecast Offices, with the Illinois SFO located in Chicago.

October 1, 1970: The ESSA is renamed the National Oceanic and Atmospheric Administration (NOAA), and the Weather Bureau is renamed the National Weather Service (NWS). Field offices are redesignated as "Weather Service Forecast Offices" (WSFO, such as Chicago) and "Weather Service Offices" (WSO, such as Peoria and Springfield).

November 1, 1974: Radar coverage over much of central Illinois is improved with the activation of a new radar, the WSR-74S, in Marseilles, in eastern La Salle County.

1976: The Peoria NWS office discontinues its routine weather broadcasts on WMBD radio.

August 30, 1977: A new radar was commissioned at Moline, the WSR-74C. This radar, along with the Marseilles radar (and later the Springfield radar), was used for warning issuance by the Peoria NWS, which never had its own radar unit. Remote radar displays, and telephone conversations between the offices, were the methods used by the Peoria staff to accomplish this task.

October 24, 1979: The Peoria NWS office moves to the Business Aviation Building (Byerly Building), 800 feet east-northeast of the old office location.

March 5, 1980: The Springfield NWS office is relocated to the new Services Building on the north side of the airport grounds.

August 1, 1980: Construction begins on the WSR-74C radar at Capital Airport in Springfield.


September 30, 1989: The Peoria NWS takes its last hand-written hourly surface observation. The observations were computerized through a PC program called MAPSO (Microcomputer-Aided Paperless Surface Observations) beginning on October 1.

April 1990: The upper-air (weather balloon) tracking system in Peoria was upgraded to use a PC, replacing magnetic tapes and a mini-computer.

December 1992: Installation of the Automated Surface Observing System (ASOS) began at the Springfield airport on the 1st, and at the Peoria airport on the 10th. ASOS is designed to automate routine hourly weather observations of temperature, weather type, wind, sky condition, and visibility.


November 1994: The new NWS Weather Forecast Office in Lincoln is accepted by the government. Initial staff was limited to only a few people, and thus did not have any operational responsibilities.

February 14, 1995: The last upper-air observation is taken at Peoria. The equipment is then relocated to the new NWS office in Davenport, IA.

March 1, 1995: Warning responsibility for 6 counties in west central Illinois is transferred from the Peoria NWS to the Davenport NWS office.


May 14, 1995: The first 5 meteorologists report to the Lincoln NWS office. Since warning and forecast responsibilities remain at the Peoria and Springfield offices, these 5 forecasters train on the new WSR-88D radar system and on future forecasting responsibilities.

September 27, 1995: The NWS office in Lincoln begins full-time operations, with transfer of the remaining 10 counties covered by the Peoria NWS office, and of the 18 counties covered by the Springfield office. Additionally, 2 counties are transferred to Lincoln from the St. Louis NWS, and 5 counties are transferred from the Evansville, IN, NWS. Programming of the Peoria, Springfield and Champaign NOAA Weather Radio stations also is transferred to Lincoln, along with the AFOS computer network. The Lincoln NWS office is initially responsible for severe weather warnings and local short-term forecasts for 35 counties.

October 1, 1995: The NWS offices in Peoria and Springfield are officially closed. The ASOS observing system is commissioned for operations at the Peoria Airport. Contract observers oversee the operation of the ASOS for accuracy. Contract observers take manual observations of hourly weather conditions at Springfield.

December 1, 1995: The ASOS observing system is commissioned in Springfield. The contract and control tower personnel oversee operation of ASOS for accuracy.

January 3, 1996: The WSR-88D Doppler radar is commissioned in Lincoln.


April 1, 1996: The Lincoln NWS office assumes responsibility for aviation forecasts for airports at Peoria, Springfield, Decatur, and Champaign. These were previously issued by the Chicago NWS office.

July 1, 1996: The Lincoln NWS assumes aviation route forecast responsibilities for the air routes from Chicago to Springfield to St. Louis, and from Terre Haute to St. Louis.

July 30, 1996: The WSR-74C radar in Springfield is decommissioned.

October 17, 1997: The Lincoln NWS Internet home page makes its debut.

June 1998: Installation of the Console Replacement System (CRS) began at the Lincoln NWS office. CRS, nicknamed "NOAA Weather Radio 2000," was designed to replace the labor-intensive, magnetic tape system used for the NOAA Weather Radio broadcasts, by utilizing a synthesized voice and a computer-based console. Phase-in of the automated broadcasts took place the following winter.

September 12, 1998: The Lincoln NWS conducts an open house of its facilities. Approximately 1,000 people take advantage of a beautiful day to tour the office.

January 1, 1999: A major winter storm paralyzed central Illinois. Several Lincoln NWS staff members were forced to spend 1-2 consecutive days at work, when replacement shifts were unable to reach the office.

July 6, 1999: The Lincoln NWS assumes public forecast responsibility for its 35 counties in central Illinois. These forecasts were previously issued by the Chicago NWS office.

April 2000: NOAA Weather Radio coverage in central Illinois is expanded with the installation of new station WXM-90 near Jacksonville.

October 1, 2000: The AFOS computer system is officially decommissioned by the NWS, having been replaced by AWIPS.

October 20, 2000: A long-awaited NOAA Weather Radio transmitter is installed in southeast Illinois. Station KXI-48 in Newton began transmitting in a 40 mile radius on this date, programmed from the Lincoln NWS office.

February 2001: New NOAA Weather Radio stations debut: KXI-46 in western Shelby County, near Tower Hill, and KXI-47 just south of Paris.

October 2001: NOAA Weather Radio expansion in central Illinois includes new transmitters at Bloomington (KZZ-65, activated on the 10th) and at Galesburg (KZZ-66, activated on the 25th).

February 15, 2005: The Lincoln NWS begins a new aviation forecast for the Bloomington airport.

July 23, 2007: Balloon tracking equipment was upgraded, to utilize Global Positioning Satellites instead of radio signals. Computers involved in the tracking were upgraded from vintage 1985 models to state-of-the-art PC's. This was part of the nationwide modernization of the upper-air observation network.

September 29, 2007: The Lincoln NWS issues its last Transcribed Weather Broadcast (TWEB) for the aviation route from Chicago to St. Louis, when TWEB forecasts in the U.S. are discontinued.

September 29, 2007: The Lincoln NWS conducts its first open house in 9 years. Approximately 700 visitors toured the facility and watched special balloon launches.

June 1, 2011: The Lincoln NWS joins social media, debuting a page on Facebook.

2012: The Lincoln NWS debuts its Twitter social media account.

October 2012: The Lincoln WSR-88D radar is upgraded with dual polarization technology, the most significant upgrade to the radar since it was installed in 1995.

April 14, 2015: The second generation of the AWIPS software (AWIPS-2) is installed.


Re: Tarawa , 20 November 1943 , Pacific Campaign

Postado por PassandReviewofWW2 » 11 Jul 2019, 20:28

Re: Tarawa , 20 November 1943 , Pacific Campaign

Postado por PassandReviewofWW2 » 11 Jul 2019, 20:32

Re: Tarawa , 20 November 1943 , Pacific Campaign

Postado por PassandReviewofWW2 » 11 Jul 2019, 20:34

Re: Tarawa , 20 November 1943 , Pacific Campaign

Postado por PassandReviewofWW2 » 13 Jul 2019, 20:17

Re: Tarawa , 20 November 1943 , Pacific Campaign

Postado por PassandReviewofWW2 » 19 Jul 2019, 18:33

Strategic Picture Tarawa: The Island of Betio,, represented a Key Strategic Position, and Airfield that controlled the Area for Hundreds of Miles in all directions. It also represented , a determining factor in the course of the War, If the Japanese Defenders held out.

Tarawa Scenario wrap:
1. Japanese Infantry, Level One- Level Two Positions with Machine Guns May fire over Cliff Hexes at Targets in Ocean Hexes next to those Postions.
Targets in Ocean Hexes may Fire Back at those Japanese Postions.
uma. Guns May Not Fire Over Cliff Hexes to Lower Ocean Hexes Next to Gun Position, 1 or more Levels Lower
2. Wading Elements do not Take Pin Task Checks
uma. May Not Form Multi Location Fire Groups
b. Leaders/SMC may not Direct /Apply Leader Ship Modifier to any Attack from Ocean Hex,
c. Leaders may apply to Rally , etc
3. LVT 2, Rules
uma. LVT 2 are unarmored, Crew Morale Level is 6/Infantry Fire on Infantry Fire Table attacks vs Vehicles resolved on Vehicle Line,
affects Dice Roll effect is then , applied first to LVT 2, then Crew then Passengers,
Unless the Dice Roll Effect destroys the LVT 2, then Crew and Passengers must pass Crew Survival Dice Roll, if Survive, then placed beneath
the Wreck LVT 2


30 November 1943 - History

Explore resources provided by the Research Division at the Federal Reserve Bank of St. Louis.

2021-06-17: 2.93 (+ more)
Updated: Jun 17, 2021

Percent ,
Not Seasonally Adjusted

Data in this graph are copyrighted. Please review the copyright information in the series notes before sharing.

Units: Percent , Not Seasonally Adjusted

Frequency: Weekly, Ending Thursday

Notes:

Data is provided "as is," by Freddie Mac® with no warranties of any kind, express or implied, including, but not limited to, warranties of accuracy or implied warranties of merchantability or fitness for a particular purpose. Use of the data is at the user's sole risk. In no event will Freddie Mac be liable for any damages arising out of or related to the data, including, but not limited to direct, indirect, incidental, special, consequential, or punitive damages, whether under a contract, tort, or any other theory of liability, even if Freddie Mac is aware of the possibility of such damages.


Ships - Fleets and Descriptions, Passenger Lists, Resources &c. &c.

  • The Fleets: Companies and Their Vessels: This is a very comprehensive index page of Fleet lists for the many shipping lines and companies. New Fleets are added regularly. There are several other links from this page which include ship descriptions , passenger fares , ship-rigging , transmigration .
  • Diaries & Journals & Voyage Accounts & Great Great Grandpa's Scrap-book &c. Two index pages which include some wonderful accounts of voyages & really interesting ship and immigrant news items collected by the gggrandfather of Tony Dalton.
  • Passenger Lists: A variety passenger lists. The greatest concentration is for previously unpublished records found for the pre-archiving period in Canada (pre-1865) Canada was the gate-way to the US mid-west.
  • Canadian Records Sources: A detailed look at Canadian record sources and Canadian-US border records.
  • Ships' Arrival Information, etc.: From this page find ship arrival information to Australia, Canada and the United States and other parts of the world, drawn from many sources, predominantly newspaper reports. Find also General arrival information, including port open-dates for rivers and canals used during immigration.
  • Ship Wrecks: General information of ship-wrecks from various periods, with detailed reports of specific wrecks, many with lists of those passengers and crew, lost and saved.
  • Marriages at Sea: The complete content of the British "Register of Marriages at Sea in the Public Record Office (ref: BT 334/117)" transcribed by Debbie Beavis.
  • Official Documents - Immigration Reports: Enlightening government reports related to immigration, naturalization, assisted emigration, and statistics. Birth, Marriage and Death at Sea .
  • Pictures of Ships, Immigrants,Ports,Immigration Stations, Company Logos / Ads,Maps: A growing index of ship pictures, wonderful pictures of immigrants, ports, ads, and Immigration Stations.
  • Trivia and Illustrated London News and Q & A: A trio of pages with items of interest extracted from the TSL email discussion list archives & the Illustrated London News & a Q&A with answers to Frequently Asked Questions.
  • TheShipsList Searchable Mail Archives: A valuable resource for both casual visitors as well as members of TheShipsList email discussion list. This searchable database contains the archived messages and responses for TheShipsList email list since 1997. For those who wish to join the discussion list, as well as for those already subscribed, there are clickable short-cut links for subscribing and unsubscribing included on this page.
  • Research Resource Links including - Immigration - Naturalization - Passenger Lists / Immigration Databases - Ship Pictures(off-site) - Archives - Miscellaneous Maritime - Libraries, Maps, Newspapers, Census, Look-up sites &c. - Email Lists A compilation of some of the best of the best off-site (and some on-site) links related to ships, emigration, immigration, census and much much more. Clicking on an off-site link opens a new browser window. (please report any broken links found, to one of the contact email addresses listed at the bottom of each page of this website)

Special Projects

  • St. Lawrence Steamboat Co. Passenger Records Pt. 1 - 1819-1825:
  • St. Lawrence Steamboat Co. Passenger Records Pt. 2 - 1826-1836:
    (1,426 + passenger lists to date) Never before published passenger lists for the Steamboats which carried arriving immigrants from Quebec, to Montreal, where they continued to their destinations in the United States and Canada.
  • Saint John, N.B. Customs House Lists 1833-1834 & 1837-1838: (140+ passenger lists) A complete collection of the only surviving passenger lists for the port of Saint John, New Brunswick for the period noted.
  • German Emigrants to South Australia, 1837-1866: (107 passenger lists to date) This is a joint project with Robert Janmaat of Adelaide.
  • Immigrants to South Australia, (UK, assisted passage) 1847-1886: (283 passenger lists to date) Never before published collection of passenger lists for assisted emigrants to South Australia. This ongoing joint project is with Robert Janmaat of Adelaide.
  • 1847 - The Famine Emigrants: A very comprehensive look at the Famine Year of 1847. This project is still under-way, but contains Newspaper Accounts, Ship Arrivals, Orphans & Grosse Isle information, Miscellaneous Records, Ships & Docks, Passenger Lists and including famine-related (off-site) links.
  • Events of 1862 from the Illustrated London News
    • Report of the Kingston, Ontario Agent including hundreds of newly arrived immigrants, some ships named.
    • 1862 Immigration Report(off-site)

    TheShipsList & reg & # 8482 - (Swiggum) Todos os direitos reservados - Copyright e cópia 1997-presente
    Essas páginas podem ser livremente vinculadas, mas não podem ser duplicadas de nenhuma forma, sem o consentimento por escrito de.
    Last updated: January 13, 2019 and maintained by and M. Kohli


    Resultado [editar | editar fonte]

    According to historian Williamson A. Murray "The decision to reinforce North Africa was one of the worst of Hitler's blunders: admittedly, it kept the Mediterranean closed for six more months, with a negative impact on the Allied shipping situation, but it placed some of Germany's best troops in an indefensible position from which, like Stalingrad, there would be no escape. Moreover Hitler committed the Luftwaffe to fight a battle of attrition under unfavourable conditions, and it suffered losses that it could not afford." ⏚]

    The Axis's desperate gamble had only slowed the inevitable, and the US loss at Kasserine may, paradoxically, have been the best thing that could have happened to them. With North Africa now in Allied hands, plans quickly turned to the invasion of Sicily, and Italy after it.


    Assista o vídeo: Sobibor death camp. sobibor escape. # 27